A MINHA POESIA - A MINHA VIDA

quinta-feira, 28 de outubro de 2010

POEMA O FADO MORA AO LADO




O FADO MORA AO LADO

O fado mora em Lisboa
No dia do aposentado
Não andou por este lado à toa
Cantou o fadista Augusto Ramos
Acompanhado com o trinar
Das guitarras de mais dois artistas, dois humanos
O fado morou ao lado
No salão dos paroquianos
Sempre o fado ecoa por toda a Lisboa
Terá sido no bairro de Alfama que nasceu
Onde o fado ainda mora como coisa boa
Benfica era ainda fora de portas
Porém o fado era cantado
À desgarrada nas hortas
O fado, a canção de Lisboa
Em Benfica ficou, nem sempre a horas mortas
Como o foi antigamente
Quando em Benfica a fidalguia
Se juntava à ralé
Todos cantavam o fado
Em conjunto trinavam e cantavam como é
Oh fado! Nunca morrerás
Tu que nascente na pureza
Donde da velha Lisboa te chamam sempre acorres
Não foi à toa
O fado morou ao lado
Em Benfica, um bairro da sua Lisboa

Daniel Costa


11 comentários:

Olhos de mel disse...

Querido amigo; a saudade tem me trazido de volta e agora consegui um tempinho livre, pra mim, aproveito para rever meus queridos e saudosos amigos.
Ah! Meu amigo como eu gosto de Fados... Como acho lindas essas cidades conservadoras de Portugal, com um ar melancólico e maravilhoso!...
Beijos

Lúcia Leme disse...

QUE BONITO.

BJOS

Everson Russo disse...

É muito lindo isso meu amigo, outro dia estava aqui vendo uma reportagem na tv sobre a musica portuguesa, cantoras de fado, a guitarra portuguesa,,,que coisa mais linda de viver,,,,abraços de bom final de semanapra ti.

lita duarte disse...

Eu adoro fado.
Bom demais.

Beijos.

Maria Luisa Adães disse...

Daniel

Adoro o fado de Lisboa.

Cantado com sentimento
de um amor afastado
assim se canta
um fado.

E choramos
ou quase choramos
no dedilhar da guitarra
longe, ou perto.

Cantemos o nosso Fado!

Lindo, amigo Daniel!

Mª. Luísa

Marta disse...

O fado mora na nossa alma e acompanha-nos....
Bonito poema em homenagem ao fado...
Obrigada pela visita
Beijos e abraços
Marta

Everson Russo disse...

Um belissimo sabado pra ti amigo,,,abraços fraternos e muita poesia.

Pérola disse...

Olá meu querido.
Posso te falar uma coisa? eu amo o Fado,quando eu o escuto da uma sensação de bem estar vc sabia?
Belo poema,me lembra um pouco a melancolia misturada com uma sensação muito boa.
Parabéns meu grande amigo.

Chica disse...

Que legal isso.Lindo! Um ótimo fim de semana,abraços,tudo de bom,chica

Sandra Botelho disse...

Sinto nos fados todos os sentimentos em harmonia.
Gosto demais...Bjos doce poeta.

Everson Russo disse...

Um belissmo domingo pra ti amigo,,,abraços fraternos de boa semana.