sexta-feira, 11 de março de 2011

POEMA O DOM DE AMAR

O DOM DE AMAR

Sentir amor e saber perdoar
Todos os males do mundo
É ter o dom de amar
Amar um ser só
No seu refúgio cautelar
Ser testemunha de tanta maldade
De quem não ama o próximo
Ter dó de quem causa infelicidade
É ter espírito forte para procurar a sorte
Ver como que se fora falta de maturidade
Apenas pensando nele
Não procura reflectir na maldade
Que pode causar ao país
Ao mundo, à sua cidade
Tenhamos o dom de perdoar
Exemplo de que o mundo está carente
De quem saiba amar
Ter fé e amor por muita gente
Dessa que vagueia nas ruas
Será interiormente feliz mas indigente
Venham todos os deuses
Que se anunciam, também querendo a dízima da gente
Não um amor sensacional
Que devia sempre estar presente
Há que lutar com um tenaz amor natural
A tentar desfazer corrupções
Para que o mundo se apresente
De amor, de convicções
Vamos denodadamente lutar
Travemos as nulidades dos vendilhões
Sigamos construindo um mundo
Um mundo gostoso para viver e amar

Daniel Costa


14 comentários:

Bandys disse...

Lindo o dom de amar.
Se as pessoas se amassem mais o mundo seria bem melhor.

O verdadeiro amigo
Compreende.
Releva.
Nunca abandona
o verdadeiro amigo.
Ele pode nem estar
ao seu lado agora.
Mas certamente,
estará sempre contigo.
Ele ama

Marta disse...

Nem sempre é fácil...Há quem não saiba o que é amar verdadeiramente...
Lindo....
Beijos e abraços
Marta

Olhos de mel disse...

Querido amigo; acredito que a salvação da humanidade está no amor. A falta dele, muitas coisas ruins traz. Muitas vezes essas pessoas, precisam de ajuda e compreensão...
Lindo poema!
Bom fim de semana!

Janinha disse...

Lindo...Amar mto e sempre...

Bjus

SAM disse...

Querido amigo Daniel.

"Há que lutar com um tenaz amor natural"

Perfeito! Esta frase resume tudo. Lindo amigo!


Beijos com carinho e bom fim de semana.

Everson Russo disse...

Sentir amor é sentir a mistura de tantas coisas ao mesmo tempo, é ter loucura e lucidez,,,ser sensato numa insensatez...perdoar é claro,,,faz parte...grande abraço de bom sabado pra ti.

Vanuza Pantaleão disse...

Oi, meu amigo muito querido!
Eu já estava prontinha para te visitar, mas vieste ao meu encontro com essas flores do amor no teu peito. Um peito carregado de perdão e sentimentos tão nobres.
Em cada poema te superas e já não posso compará-los, pois, quem sabe, todos juntos sejam um só...

Saúde, Paz e tudo que de melhor houver para você, Daniel!
Beijos

Pensador disse...

Daniel,

Amar, realmente é um dom. Muitos pensam que amam, mas não amam de fato. Porque amam egoístas. Amam vendo no próximo apenas a satisfação de seus desejos e vontades.

Eu costumo dizer que o mais simples dos mandamentos é o mais difícil de ser seguido: “Ama ao teu próximo como a ti mesmo”.

Concordo com você. Vamos, todos, amar muito. E construir um mundo melhor.

Abraços!

Multiolhares disse...

na vida só o amor faz sentido o amor e o perdão
~bjs

lita duarte disse...

Bom domingo, Daniel.

Beijos.

Everson Russo disse...

Um belissimo dominge e uma semana cheia de poesia pra ti amigo...abraços fraternos.

Maria disse...

Amigo recebi um selinho que faço questão de partilhar consigo, pois quero deixar o meu apreço pelo seu blog, um espaço que nos encanta com o seu dom maravilhoso de escrever. Está no meu cantinho “SELINHOS – Presentes dos AMIGOS”, é um miminho especial é o Selo “GOTA NO OCEANO”.
Beijinhos
Maria

Sonia Schmorantz disse...

Só o amor, à natureza e à humanidade, podem ainda mudar alguma coisa no mundo.
Um abraço, ótima semana

Everson Russo disse...

Uma belissima segunda feira pra ti querido amigo,,,abraços fraternos.