A MINHA POESIA - A MINHA VIDA

quarta-feira, 2 de março de 2011

POEMA SERENIDADE


SERENIDADE

Lá longe noutra cidade
Naquele outro país
Mora a serenidade
Serenidade amadurecida
Com amor e lealdade
Numa labuta intensa
Em ambiente de solidariedade
Num outro pais
Mora a serenidade
Em sua volta
Reina a solidariedade
Tem como companheira
A virtude da amizade
Num clima de fraternidade
Candura e pureza
Intensa amenidade
Tudo caldeado
É tornado massa
De saborosa sobriedade
Torna-se saborosa
Se ingerida com frugalidade
E longe noutro país
Naquela cidade
Cidade onde mora
Está a intensa amizade
Na transparente alma
De dona serenidade

Daniel Costa


10 comentários:

José Paulo de Resende disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
José Paulo de Resende disse...

Agora Daniel sou seu seguidor no seu blog. Parabéns pelo mesmo.
Abraços fraternos do Paulo Resende fotógrafo - Niterói - Rio de Janeiro Brasil.
Se quiser vc pode ser meu seguidor no blog
http://pauloresendefotografo.blogspot.com

Marta disse...

Esteja onde estiver, este olhar sereno fica sempre connosco....
Espero que gostes dos meus novos posts....
Beijos e abraços
Marta

Desnuda disse...

Lindo, Daniel!!!

A foto é pura serenidade! O poeta captou e transformou em belos versos a Serenidade! Maravilhoso, Daniel.


Beijos com carinho.

Estrelinha disse...

Lindos seus poemas parabéns e obrigado pela partilha..BJS.

Everson Russo disse...

Serenidade de amor,,,de alma,,,serenidade dos mais puros versos...belissimo meu amigo...abraços fraternos de bom dia.

Mariazita disse...

Olá, Daniel
Este belo poema é um verdadeiro hino à amizade.
A foto revela, de facto, uma enorme serenidade, essa que tão bem cantas e serviu de mote para o teu poema.
Lindo!

Continuação de boa semana. Beijinhos

Everson Russo disse...

Um grande abraço fraterno e o desejo que tenhas um belissimo final de semana...

Ana Martins disse...

Que linda homenagem Daniel, imagino o quanto a homenageada se sentirá feliz ao ler este poema.

Beijinho,
Ana Martins

Everson Russo disse...

Um belissimo sabado pra ti meu amigo...paz e poesia sempre...abraços fraternos.