A MINHA POESIA - A MINHA VIDA

domingo, 29 de abril de 2012

POEMA REDES




POEMA REDES

Certo dia, numa conversa informal
Tive a dita, a primazia
De trocar impressões com Severa Cabral
Daí nasceu grande sonho: um certo dia!
Parecia-me deveras real!
Sonho de ilusão e fantasia?
Na sombra, presa a dois pinheiros de um pinhal
Uma rede me embalava, o chilrear dos pássaros ouvia
De repente, o sonho pareceu-me divinal
O pensamento voou, porque aconteceria?
Parava numa praia, onde se avistava um coqueiral
Pareceu junto à cidade de João Pessoa, seria?
Onde mora Severa Cabral
Sem deixar de embalar-me na rede, o coração
Sentia uma bonita índia, da época medieval
Depois pareceu que entoava uma oração
A índia se apresentava fraternal
Ora de traje de variegadas cores, ora do verde da sua Nação
Que visão divinal, uma índia transformada em Severa Cabral
Que sonho de movimento e emoção!
Se o torpor do sonho fosse tornado real?
Seria o baloiçar da rede, a preconizar a realização?
Ao acordar, não teria sonhado alto, prevalecia o bom astral
Estaria petrificado de comoção
Seria mesmo a médium sideral?
A contemplar-me com o sonho, de razão ou de alienação?
Era por certo, um sonho emocional
Onde esteve a nordestina escritora,
A versátil, a mulher interessante, Severa Cabral

Daniel Costa

34 comentários:

Severa Cabral(escritora) disse...

Amigo Daniel !

Cada dia,ou seja!A cada novo poema,você se torna uma pessoa de idoneidade pela arte da literatura.Onde crias e emites conceitos com responsabilidade.Esse cruzamento da imagem com a escrita deixa imortalizar o instante de uma cena.Mas o que me faz refletir na contextura do poema;um sonho,dentro de um País,onde a rede de descanso foi originado pelos índios,feito de cipó ou palhas.Com a vinda dos portugueses,passaram a fazer essas redes em tecidos de algodâo.Hoje na região Nordeste,a rede substitue a cama.E muito tradicional se utiliza para descanso em casas de praia.
Deixando um esclarecimento dessa cultura nordestina,onde se produz 12 milhões de redes por ano.E exporta para a maioria dos países da América do Sul,África,Europa e Ásia.
Espero poder ter contribuido para que seu poema tem cor e tom...
Abç.

Sherazade disse...

Querido amigo; um belo poema numa bela homenagem!
Belo vídeo e uma musica linda!
Boa semana! Beijos

Bete M. Silva disse...

Que bonito.

Bjs.

Everson Russo disse...

E o pensamento do poeta sempre voará longe,,,abraços fraternos de bom dia pra ti meu amigo.

✿ chica disse...

Que lindo,Daniel e sempre bom ver s SEVERA! Ela nessa rede dá vontade!!Que preguicinha boa!rs abração e parabéns aos dois!chica

MARILENE disse...

Não é preciso estar perto para sentir o sabor do vento, o calor do sol, o descanso poético que uma rede proporciona.
Sempre lindos seus versos.

Bjs.

Imac by Artes disse...

Lindo poema!
E carinhosa homenagem a Severa.
Amei passar por aqui.
Abraços! Tudo de bom pra ti.

Maria disse...

Meu amigo poeta sempre a surpreender-nos com poemas maravilhosos e plenos de sensibilidade.
Uma homenagem linda a uma mulher e poetisa encantadora que tem a alegria de viver sempre presente nela.
Dois amigos que adoro visitar e para os quais deixo um grande beijinho
Maria

Everson Russo disse...

Um belo dia pra ti meu amigo...abraços fraternos.

Anne Lieri disse...

Daniel,que bonita essa poesia em homenagem a querida Severa Cabral!Tb sou fã dela,uma mulher incrivel e sempre muito alegre!Bjs e bom feriado!

Evanir disse...

Amigo e poeta Daniel.
E sempre motivo de alegria ver a doce Severa postada no seu blog.
Tenho um enorme carinho por essa menina sorriso.

Parabéns pelo lindo poema em homenagem a essa grande amiga Severa.
Uma linda tarde beijos.
Evanir.

Rita disse...

Nada melhor para o descanso que
uma boa rede,adorei o poema é
muito bom ,acabei de conhecer
seu Blog e já vou ficando pq
ler o que é bom faz bem para Alma
Abraços com carinho Rita!!!

ELAINE disse...

Como é que vai você, meu amigo? Você está bem de saúde? Você sumiu! Que versos lindos e tão cheios de romantismo e amor... Adorei! A Severa deve ter ficado muito feliz! Parabéns a vocês dois! Uma abençoada quarta-feira, de muita paz e alegria! Abraço fraterno e carinhoso!
Elaine Averbuch Neves
http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com.br/

edumanes disse...

Numa visita normal
Ao blog, de Daniel Costa
Estava lá Severa Cabral
Sempre muito bem disposta
Muito sorridente ser normal
Vê-la assim é que a gente gosta
Perguntei o que lá fazia afinal
Mas não me deu resposta?
Mas não tem nenhum mal
Porque eu irei bater à sua porta
Um beijo para Severa Cabral
E um abraço para o senhor Daniel Costa.
Eduardo.

Marlene disse...

ÓLA POETA PARABENS POR MAIS ESTA OBRA
PRIMAQUE ESCREVES EM HOMENAGEM A NOSSA QUERIDA SEVERA CABRAL
MINHA AMIGA MUITO QUERIDA E ESTIMADA
FICARAM LINDOS MARAVILHOSOS SEUS VERSOS PARA NOSSA ESCRITORA SEREIA
ELA MERECE TODAS AS HONRASE ELOGIOS TAM BEM PARABENS POETA VIM TRAZER UMABRAÇO COM CARINHO PARA ASEVERA E VOCE AMIGO DANIEL BJS MARLENE

Tunin disse...

Que beleza de poema, meu amigo! Homenagear a Severa é mais que merecido. A música está linda. Desejo a você e a bela Severa muitas e muitas inspirações e que possam sempre passar a alegria do amor em suas investidas.
Abração.

vendedor de ilusão disse...

Meu caro, a convite da Severa estive por aqui; de antemão lhe digo: gostei muito do que escreves, tanto que já sigo seu blog. Não poderia deixar de elogiar seus poemas, em especial esse que dedicastes a ela, – é soberbo. Aceite meus sinceros parabéns!
Um abraço.

elvira carvalho disse...

Um carinho feito poema na homenagem a uma bela e inteligente mulher com alma de poetisa.
Um abraço

elvira carvalho disse...

Um carinho feito poema na homenagem a uma bela e inteligente mulher com alma de poetisa.
Um abraço

Toninhobira disse...

Parabens Daniel pelo sonho feito em poesia,que fica um belissima e merecida homenagem a esta espoletinha de nossa poesia,que como um beija-flor,está sempre a nos visitar com graça e simpatia.
Belas ilustrações amigo para este lindo sonhar poetico.
Meu cordial abraço.

Everson Russo disse...

Um belo dia pra ti meu amigo...abraços fraternos...

Vera Lúcia disse...

Olá Daniel,

Lindo o poema! A homenageada está um luxo nas imagens.

Beijos a você e à querida Severa.

Mariazita disse...

Daniel, meu amigo
A tua homenagem à nossa querida amiga Severa resultou num belo poema.
Foi um sonho lindo, o teu!
As fotos estão muito bonitas, e o sorriso da nossa Severa é igual a si mesmo: LINDO!
Parabéns e beijinhos aos dois.

Sonhadora disse...

Meu querido Poeta

Um poema maravilhoso a uma amiga muito querida e uma mulher plena de sensualidade que eu adoro ter como amiga.

Deixo um beijinho com carinho
Sonhadora

Marilu disse...

Querido amigo, belo poema e homenagem a Severa Cabral. Beijocas

Everson Russo disse...

Um belo final de semana pra ti meu amigo...abraços fraternos.

Vanuza Pantaleão disse...

O balouçar de uma gostosa rede, tem coisa igual?
Vai e vem, vai e vem...adormecemos.
O nordeste tem dessas coisas, amigo.
Beijos, Daniel!
Bom final de semana, amigo brasileirão!!!

ELAINE disse...

Já estive aqui comentando! Achei linda a poesia! O amigo está perdoado pelo sumiço... Teve bons motivos....Muito sucesso nos novos empreendimentos! Bênçãos de paz, alegria, união e amor! Um abençoado sábado! Carinhoso abraço!
Elaine Averbuch Neves
http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com.br/

Everson Russo disse...

Um belo sábado pra ti meu amigo...abraços fraternos.

Evanir disse...

É sempre assim,
Deus sempre nos abençoa ricamente mais do que pedimos...
Obrigada por fazer parte de minha fortuna e esta minha fortuna vale mais do que dinheiro,
é a sua maravilhosa amizade, feliz e abençoado final de sema Beijos no seu doce coração.
Evanir

Everson Russo disse...

Um belo domingo e uma excelente semana pra ti meu amigo...abraços fraternos.

Patrícia Pinna disse...

Boa tarde, Daniel. A Severa é uma pessoa muito otimista como não vi igual. Ela é divertida e encantadora.
A preguiça na rede dá até sono dos bons!
Parabéns!
Gosto do teu modo de escrever, e creio que todos são fiéis ao teu trabalho e amizade.
A proposta desse seu blog, é bem interessante!
Tenha um dia de paz, e fique com Deus!
Beijos na alma!

Lu Nogfer disse...

Com a nossa doce Severa Cabral!?Foi por certo um lindo sonho dentro de uma bela realidade!

Lindo poema e perfeito tudo que vc escreve!Parabens!

Forte abraço!

Marilu disse...

Querido amigo, esse lindo poema que
homenageia Severa Cabral, nossa querida amiga e grande escritora, tem todo o jeitinho da mulher brasileira, doce, terna, sensual. Uma praia, um final de tarde uma rede...coisa boa demais. Beijocas