quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

POEMA REBELDIA


 
REBELDIA

Telepatia
Desconcerto
Rebeldia
Liberto
Sem tirania
Descoberto
Ousadia
Desaperto
Moradia
Em concerto
Taquicardia
Futuro incerto
Cacofonia
Interior torto
Balbúrdia
Mundo – Deserto
Procurando concórdia
Por perto
Insidia
Decerto
Perfídia
Trajeto:
- Rebeldia! 

Daniel Costa


 

 

9 comentários:

vendedor de ilusão disse...

Expuseste bem a tua rebeldia!

Ivone disse...

Amigo Daniel, bem escolhidas as palavras,
eis o "trajeto:-Rebeldia", muitas vezes precisamos nos rebelar, né mesmo?
Amei ler, abraços bem apertados!

✿ chica disse...

Por vezes ela é necessária, para que sejamos ouvidos! Linda! abraços,chica

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

Muitas vezes precisamos dessa rebeldia.
bjs amigo Daniel
Carmen Lúcia.

Reflexos Espelhando Espalhando Amig disse...

Daniel, adoro a fase
da PALAVRAS CERTAS.
Bjins
CatiahoAlc.

Reflexos Espelhando Espalhando Amig disse...

Daniel, adoro a fase
da PALAVRAS CERTAS.
Bjins
CatiahoAlc.

Célia Rangel disse...

Na "rebeldia" o nosso grande expressar ainda que secreto... Palavras tornam-se flechas!
Abraço.

Marta Vinhais disse...

O Mundo precisa dessa rebeldia...
Beijos e abraços
Marta

Graça Pires disse...

Rebeldia gritada...
Beijo.