terça-feira, 4 de outubro de 2016

POEMA BRILHO RELUZENTE AMARELO

Resultado de imagem para imagens para amor de luz
BRILHO RELUZENTE AMARELO

Brilho singelo
Veloz e reluzente,
Dardejante, amarelo
Estrela cadente
Amor: modelo
Coração ardente
Fé, virtude, de selo
Alma eloquente
Flor de fé e de zelo,
Brilhante coeficiente
Qual violoncelo,
Vibrando comovente
Aguarela de prelo
Luzinha diferente
A construir elo,
Com amor envolvente,
Brilho amarelo
Reluzente,
Doce e singelo

Daniel Costa


7 comentários:

✿ chica disse...

Linda poesia e o brilho foi pra festejar teu niver! Parabéns novamente! abraços, chica

Marta Vinhais disse...

Gosto do amarelo... Sinal de vida, de alegria...
Lindo...
Beijos e abraços
Marta

Pedro Luso disse...

Caro Daniel,
Gostei do seu poema (Poema brilho reluzente amarelo).
Muito bom. Parabéns.
Abraço.

Jaime Portela disse...

Mais um belo poema.
Cheio de ritmo e sonoridade.
Pudera eu saber música...
Daniel, tem um bom fim de semana.
Abraço.

SILO LÍRICO - Poemas, Contos, Crônicas e Outras disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
SILO LÍRICO - Poemas, Contos, Crônicas e Outras disse...

Dizem que exímio tocador de Violoncelo
Executando o dó fá lá si dó
Executou em uma corda só
A própria vida em um nó bem singelo.

Loucura à parte - mas se eu apelo
Ao violoncelo por pena ou por dó
Deste abotoamento ao paletó
É ver a vida no sentido belo.

O teu poema, mestre Gabriel
Cumpre o cumprimento do papel
Em dar a vida a doce alegria.

Desculpe a imagem tão louca e cruel
Porém para a minha alma ser fiel
Busquei no negro humor a poesia.
Grande abraço. Lindo seu poema. Parabéns. Laerte (Silo).

Maria Rodrigues disse...

Um poema brilhante.
Beijinhos
Maria