A MINHA POESIA - A MINHA VIDA

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2009

poema

O RABECÃO DO JOÃO

A é inicial de anão
Aprendi assim
Agora disseram de João
Ninguém repara
Porém o mundo anda louco
Será pelas máscaras do João?
Serão mesmo as máscaras
Do rapaz anão?
Só pode!....
Não serve apenas o rabecão?
Será porque meneirinho?
Usando máscaras todos os dias
Chamam-lhe Joãozinho?
Máscaras louvando
O mafarrico Carnaval
Que Deus não vê mal
Entre a Páscoa e o Natal
Depois ina substituindo noa
João acompanhando-se
Com as cordas do rabecão
Não usará máscara de menina?
Se de tudo é capaz o João
O Pina, a inicial
A
A máscara da petiza, quiçá traquina
Sempre com duas caras
O mentiroso anão
Assim goza toda a noite
Como se fora o A, a profanar
Sempre em festa o S. João
Garoto deve ser
O curioso brincalhão
Na solidão do escuro
Mai-lo o seu rabecão

Daniel Costa

17 comentários:

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Excelente poema, Daniel! Você vai combinando palavras com rimas internas e externas, mais ritmo e o resultado é muito agradável. Adorei!
Um beijo,
Renata

Cleo disse...

Deixando um abraço e beijos aqui também.
Cleo

Olhos de mel disse...

Oie lindinho, amei a construção poética! Esse joâo é danado mesmo...
Beijos

Laura disse...

Credo, tava dificl de entender, mas tem muita poesia e ensino...tá legal como se diz no Pais irmão. Beijinho e abração..pro João ou quem for mas que inspirou poesia nesse actor (tu)

Ana Martins disse...

Muito interessante este poema!
Dificil de escrever um texto assim!!!!
Parabéns, beijinhos,
Ana Martins

poetaeusou . . . disse...

*
amigo daniel
,
é caso para dizer,
,
quem te mamda sapateiro
tocar tão mal rabecão,
,
abraço amigo,
,
*

Marta Vasil disse...

Daniel

Deixei, com muito carinho, na "lapela" do meu blogue um selo para si.

Beijinho

MV

Tatiana disse...

Estou aqui apreciando a postagem!

Aproveito para deixar-te um abraço com meu carinho!

Desnuda disse...

Que delícia, Daniel!

Ótimo fim de semana, amigo! Beijo

Sonia Schmorantz disse...

Sempre gentil Daniel, obrigado pelo carinho com que acolhe minhas escolhas e o que escrevo também.
Um abraço e bom final de semana

Laura disse...

Olá. Um dia bom sem sombras, sem dores, sem nada demais que chateeie... Apena sum sábado mais, em paz no lar, com a visita da familia, a filha, anetinha querida e tudo de bom com eles, e a felicidade reside em quem tem esperança num melhor porvir...
Beijinhos e tudod e bom para ti e teus. laura.

Val Du disse...

Oi, Daniel.
Gostei do poema e das pitadas de humor.

Beijos.

ANA DINIZ disse...

Q poemão sinistro.

Acho q só escrevi um desses uma vez na vida, quando adolescente, para o meu professor de física, um verdadeiro terrorista.

Bjs.

ANA DINIZ disse...

Tbm... adorei suas rimas e o jogo de mistério... Vc surpreende a cada dia, amigo meu.

Bjs e bom descanço.

mundo azul disse...

______________________________

Parece que soltou as rédeas e deixou livre o seu pensamento...Como um mosaico!

Gostei!

Beijos de luz e um domingo feliz!!!

________________________________

mariam disse...

Daniel,

até dá p'ra trautear... sai muito engraçado!

gostei.

bom fim-de-semana
um sorriso :) e um... 'até já'
mariam

xistosa - (josé torres) disse...

Caro Daniel Costa

A vida mesmo com música é uma máscara, atrás da qual se esconde, o anão ou o João.
Por isso o Carnaval esconde atrás da máscara a máscara de cada vida.

Um bom domingo.