sábado, 4 de abril de 2009

poema

MULHER AMOR

A principio com Pudor
Sabendo que és minha
Mulher meu amor
Na intimidade
Acabo por ficar mais senhor
Olho com infinita paixão
Infinito ardor
Mulher coração
O aveludado dos teus seios
Hipnotizam meus dedos
Que fremem de fervor e anseios
Apalpado o teu aveludado corpo
Ziguezagueando sem rodeios
De repente
Com pequenos gemidos
Entras em êxtase
Parecem ter despertado os sentidos
Perdes então também o pudor
Entregas-te num desejado
Impulso de ardor
Ah!...
Mulher de puro amor
Como desejamos, mulher
Estes beijos com sabor
Como que a infinitas maresias
Como é gostoso o nosso amor
Feito de melosas sinfonias

Daniel Costa


NOTA: o poema foi escrito, a propósito para o BLOGUE de Renata Maria Parreira Cordeiro. FEMININA -
A piada é que foi escrito por outro alguém de apelido Cordeiro, cujo não é muito vulgarizado.
Poderá parecer blasfémia, mas arrisco e escrevo: DCC = depois de Cristo o Costa.

DCC

16 comentários:

FERNANDA & POEMAS disse...

BOM DOMINGO QUERIDO DANIEL... ADOREI O POEMA AMIGO... ABRAÇOS DE AMIZADE,
FERNANDINHA

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Daniel:
Esse poema eu conheço, não? É muito bonito, como todos os que você faz.
Obrigada por aceitar o convite para o café da manhã.
Beijos,
Renata

UMA PAGINA PARA DOIS disse...

O vento soprou
Tão doce e sereno
Tocou-me ao de leve
Girou sentimentos
Dormentes, silentes
Que em vôo rasante
Tocaram o chão.
O fundo da alma
fez-se de cor de ouro
Castanho ou laranja
Deu frutos já secos
De um doce amargo
Surgiu o Outono
No meu coração.
(Lique, 2004)

Uma boa semana, plena de amor e carinho
Eduardo Poisl

Laura disse...

Rapaz, andas a saír da casca é o que é!...tás muito arrebatado..boa, belo poema bem relatado...olha a nossa idade!...ehhhhhh..mas, gostei, sem pudor...laura..

Bandys disse...

Oi Daniel,
Estava viajando e so voltei hoje!!

Adoro suas visitas la no "esconderijo" e venha sempre pois é super bem vindo

beijos

Sonia Schmorantz disse...

Um abraço amigo Daniel, e uma boa semana para ti.

Carla disse...

linda homenagem à mulher...parabéns
beijos e boa semana

Tatiana disse...

Belíssimo poema!
Parabéns pela inspiração Daniel!
*
Saiba que é muito bom abrir minha
página de recados e lá encontrar
as suas palavras.
Obrigada por seu carinho!
Tenha uma excelente semana!
Beijos

Ana Martins disse...

Caro Daniel,
que lindo que ficou... Um poema de amor verdadeiramente sensual!!!!!!

Parabéns, beijinhos,
Ana Martins

Mariazita disse...

Meu caro Daniel
Não tenho vindo aqui com a frequência que desejaria...mas o tempo não chega para tudo. São blogs a mais para gerir, principalmente porque não disponho do dia todo para isso...
Mas estou aqui, agora, e isso é que interessa.
Gostei muito do teu poema que, apesar de toda a sensualidade que lhe imprimes, revela um amor muito puro. Gostei mesmo muito!

Amanhã, por ser TERÇA-FEIRA, há novo post no Lírios.
Espero lá por ti, e o meu dedinho pequenino está me dizendo que vais gostar...

Uma noite feliz.

Beijinhos
Mariazita - Lírios

Val Du disse...

Que poema lindo, Daniel.

Beijos

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Daniel:
Resenhei a Última Tentação de Cristo e apresento as obras de David Hockney no Galeria. Espero que me visite. Acabo de voltar de uma pequena intervenção cirúrgica. Foi o meu irmão quem postou para mim.
Um beijo,
Renata

Laura disse...

Ai q'inda arranjas namorada nova e lá s evai o daniel...bora agarrar o rapaz pra que não nos deixe de mãos a abanar nos blogues...ó danielllllll-- tou a brincar ó moço, a brincar mesmo...pudera!...Beijinhos.

mariam disse...

Daniel, poeta

um sensual poema, cheio de sentires...

obrigada p'las palavras deixadas.

votos de BOA PÁSCOA!
um abraço e o meu sorriso amigo :)
mariam

poetaeusou . . . disse...

*
belos sentimentos,
nas teclas da inspiração,
,
parabens, Daniel,
,
um abraço,
,
*

Juliana Moreira disse...

lindo poema !!! visite me blog ficarei feliz http://paiquantassaudades.blogspot.com/