A MINHA POESIA - A MINHA VIDA

sábado, 15 de agosto de 2009

poema


MUSAS

Todo o poeta tem musas
Musas são modo de pensar
Não serão imagens difusas
Antigamente eram as sereias
Os bonitos luares
As luas cheias
A lua o homem devassou
Deixaria de alimentar veias
Ficou sempre a imagem
Como a das sereias
Nunca acabaram as musas
São imagens, são inspiração
Podem parecer difusas
Não inspiram paixão
São como serigaitas
Amor de comoção, platónico
Gosta-se delas, inspiram
São como um intróito
Passam cheias de graça
O nosso olhar enternecido
Não é chalaça
É uma musa que passa

Daniel Costa




15 comentários:

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Como sempre, lindo, meu querido.
Obrigada por mais esta ode.
Beijos e guarde o meu carinho no seu coração,
Renata

Marta disse...

Obrigada pela visita - bom ter-te de volta..
Agora o Com Amor obedece a temas - ou seja escolho poemas sobre determinado tema. Esta semana é dedicado a poemas sobre a amizade.
Espero que gostes e que voltes mais vezes.
Beijos e abraços
Marta

Bandys disse...

Daniel,
Sempre brinquei com meu poetas queridos o porque de nós não podemos ter nossos ^musos^?

Adorei a tua sensibilidade ao escrever sobre as musas.

Meus amigos estão na minha vida tatuados na minha alma e ontem um deles fez sua viagem..Fiquei triste mas deixou um legado. Era um poeta e tanto..

Desculpe o desabafo..

Beijos no ♥

FOTOS-SUSY disse...

OLA DANIEL,OBRIGADO PELA VISITA,FASCINANTE POEMA,BONITA FOTO... QUE TENHAS UM FELIZ TARDE DE DOMINGO...

ABRACO DE CARINHO!!!

SUSY

Val Du disse...

Poeta Daniel mandando ver nas palavras.

É isso aí!

Beijos

Desnuda disse...

Amei, Daniel! Guardo todos poemas a mim dedicados, como um tesouro! Não há presente melhor. Este poema ode as musas, é maravilhoso!


Beijos e bom domingo!

Ana Martins disse...

Caro Daniel,
E foi certamente uma musa a inspiradora deste bonito poema!


Beijinhos,
Ana Martins

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Daniel:
Vim aqui como último recurso, pois, além do mais, perdi o papel com o nome do seu Blog no sapo.
Amanhã, dê-me novamente, por favor.
Este poema "Musas", inspirado em mim, provocou uma avalanche de comentários em nosso Blog. Acho que só o superou o "Renata". Houve até quem me pedisse a foto, alguém enciumado...

Whispers disse...

Ola Daniel!
Todo o poeta tem algo que o faz ir mais alem.
poemas são gritos da alma.
Desejo-te uma feliz semana
Mil beijos
Rachel

VANUZA PANTALEÃO disse...

Oi, Amigo!
É verdade, uma musa dispensa a realidade, ela só nos inspira e isso já nos fortalece a alma.
Uma bela e inspirada semana!!!Bjsss

Dona Poesia disse...

Daniel , belo poema!
Vc nao conseguiu postar o selinho ou nao conseguiu escrever para o concurso /desafio? Se quiser, posso dar dicas , sei pouco de internet mas o pouco que sei posso dividir. Qualquer dúvida sobre o email ou o selinho me escreva, tá?
um big abraço

Andresa disse...

As palavras são impregnadas de vibrações, por isso não devemos perder nenhuma oportunidade de manifestar bons sentimentos.

Tenha uma otima semana
Abraços
Andresa Araujo

Menina do Rio disse...

Apesar de devassada, a lua continua sendo musa dos poetas, mas os amores não vividos também são inspiradores.

Te deixo um beijo

Jacque disse...

Tenho um selinho para você no ARCO - IRIS ENCANTADO.

Beijo.

Jacque

FERNANDA & POEMAS disse...

QUERIDO DANIEL, MARAVILHOSO POEMA... DE CERTEZA INSPIRADO POR UMA MUSA... ADORO-TE AMIGO,
FERNANDIONHA