A MINHA POESIA - A MINHA VIDA

sábado, 29 de agosto de 2009

poema


DEUSA DA FANTASIA


Deusa da fantasia

Entre todos os deuses

Encontrei-a um dia

Sei que não mereço

Alimentando o sonho

Não a esqueço

Nem sempre deusa de alegria

Meus deuses

Não me privem da alquimia

De ter encontrado a deusa

Do sonho, da alegria

Que o sonho seja certeza

De vir a saber

Encontrar a beldade, a beleza

Ainda que num mundo de ateus

Mesmo desventurado

Quiçá de plebeus

Sonho fantasia

Têm deusa, não deus

Oh fantasia

Dos deuses meus

Jamais esquecerei a deusa de um dia

Merecimentos desejo esperar

Da deusa

Que sempre hei-de adorar

Porque não?

Chegar a amar


Daniel costa

13 comentários:

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Bom dia, meu Poeta! Espero que esta linda ode faça tanto sucesso aqui como fez em meu Blog. Daniel, como vou poder retribuir-lhe-lhe tantos poemas, tanta devoção, tanto carinho?
O que lhe mandei chega em Portugal em 22 dias úteis, o que dá 1 mês. Mas não é nada perto desses poemas que você me faz.
Muito obrigada, querido.
Beijos e beijos,
Renata
Ps: Esta foto é melhor do que a outra, não?

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Daniel, querido!
Recebi o slide, lindo! Obrigada, obrigada!
Publiquei um soneto no EU E DAÍ? Quando puder, vá lá.
Beijos,

Whispers disse...

Querido Daniel!
Outra deusa,outra fantasia
outra meia realidade,meia Mulher
Só que um completo poema de um poeta que sabe encontrar em cada Mulher uma Deusa da poesia
Feliz Domingo
Mil beijos
Rachel

Bandys disse...

Oi Daniel,

Cada poesia uma Deusa.
Cada deusa um amor.

Belo.

Beijos

Everson Russo disse...

E são essas deusas da fantasia que nos trazem em sonhos o amor tão perfeito que sonhamos e idealizamos...belissimo poema amigo, como sempre motivo de aplausos...otima tarde de sabado e uma belissima semana de poesia e paz...abraços fraternos

Desnuda disse...

E a sequencia continua belíssima, Daniel! Beijos e linda semana!

Sonia Schmorantz disse...

Boa semana !!
Repartir suas alegrias
é como espalhar perfumes sobre os outros:
sempre algumas gotas
acabam caindo sobre você mesmo!
abraço

Everson Russo disse...

Um forte abraço amigo poeta e uma semana de poesia e paz...

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Daniel;
Tem festa no meu Blog para o Blog do Everson, que faz 1 ano. Não deixe de ir.
Beijos,

xistosa - (josé torres) disse...

Por isso é que só acredito nos prazeres palpáveis e terrenos.

O que a vista abrange é um mundo que é só nosso e que escolhemos de entre todos.
Quando encontramos a deusa tornar-nos-emos um deus.
É isso que sigo e vivo há muitos anos.

Para que dizer que é um belo poema, se a beleza da sua descrição é eloquente.

Um abraço.

Dona Poesia disse...

Olá, amigo!Muito bom poema, linda foto!
Agora estou ótima, obrigada, o susto já passou!

EternaApaixonada disse...

Meu amigo

Que linda sequência de poemas!
Uma ótima fase que nos presenteia!
Obrigada pelo slide, que já lhe respondi por e-mail.
Que a semana venha com muita inspiração, alegria e amor em seu coração.
Grande abraço.
Helô Spitali

Pensador disse...

Mesmo a fria realidade necessita da fantasia, esta doce Deusa que nos permite tecer os sonhos que servirão de norte para que construamos as nossas obras.
Sim, esta Deusa, mais que qualquer outra, merece ser amada. Merece ser venenrada e bem quista.
Parabéns pelas belas palavras.
Abraço!