segunda-feira, 16 de novembro de 2009

Poema



Tela: Lúcio Carvalho


Os Doze Profetas, de Aleijadinho


MAGIA



Adoraria ser pintor
Em minha tela
Reteria as cores do amor
As cores que gostaria para o mundo
Não me importaria ser escultor
Esculpiria um mundo
Mais luminoso, mais sedutor
Evitaria que se tornasse imundo
Apenas houvesse lugar ao amor
Não me assumo como poeta
Gostaria contudo
Que a paz fosse completa
Que entre os homens nunca
A guerra fosse meta
Se fiz coisas inauditas
Porque não ajudaria
A acabar com permissões esquisitas?
Ajudar a que no mundo
Apenas houvessem coisas bonitas
Decretar, delegar as feias
Para outros mundos
Para outras teias
Que o amor saia vencedor
Onde para todo o sempre se ergam
Tendas, sem fendas de amor,
De magia de amor

 
Daniel Costa





16 comentários:

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Olá Poeta Pintor Escutor de Versos Poemas Poesia do Amor!
Gostei e como! "Da sua Magia" que tece pinta a teia borda a Poesia Profecia Utopia em que no mundo só haja lugar para: "permissões não esquisitas", Paz, Beleza, Amor Triunfante. Onde a Guerra e as demais coisas feias e sujas sejam, por decreto, banidas para outro mundo.
Aprecio partilho dessa magia
Muito obrigada
Muitos beijos sempre,
Renata

Whispers disse...

Querido Daniel!
Tu es um pintor de letras, pintas os quadros mais lindos de poemas.
Cada palavra transmite alegria, paz e amor.
Tua mente de escritor e teu coracao de poeta, escrevem em poemas as maravilhas de um mundo que podia, so que nao existe, so mesmo existe nos olhos de um grande sonhador
Lindo teu poema, e minhas palavras sao verdadeiras.
Mil beijos
Rachel

Mariazita disse...

Querido amigo Daniel
Mas tu és pintor! Pintor de palavras, palavras belas que pintam a vida e lhe dão mais colorido, tornando-a mais apetecível.
É através da poesia que podemos imaginar um mundo menos imundo, e acreditar na magia do Amor.
Gostei do teu poema. Muito.

Uma noite feliz.

Beijinhos
Mariazita

Bandys disse...

Querido Daniel,

A cada dia que vivo, mais me convenço de que o desperdício da vida está no amor que não damos, nas forças que não usamos, na prudência egoísta que nada arrisca, e que, esquivando-se do
sofrimento,perdemos também a felicidade.

Você será uns dos proximos la no esconderijo, eu te aviso.

Beijinhos

Ana Martins disse...

Lindo Hino ao amor!

Beijinhos,
Ana Martins

Everson Russo disse...

Meu amigo, tenha certeza, já és pintor sim, sua tela são nossos corações e nossa alma, onde a cada dia nos brinda com sua amizade e com seus poemas, esculpe os sonhos perfeitos em papel e caneta, em teclados e monitores, e nos levam a sonhar, a buscar a paz infinita que temos dentro de nós, és um pintor de sentimentos e palavras....abraços fraternos e um dia de paz pra ti.

Val Du disse...

Daniel

Falas do amor sublime! Esse sim, encontra lugar para tudo e todos.

Beijos.

Andresa disse...

Bravo amigo!!!!! Eu gostaria que o mundo fosse uma tela de pintura, para poder apgar a violencia, a doença , a ganancia e o egoismo.
Nesse espaço vazio pintaria de rosa e branco simbolizando amor e paz.

Beijos
Andresa

suavemente disse...

Gosto!

Non je ne regrette rien: Ediney Santana disse...

tua poesai é cheia de imagens e cores como um quadro sempre a ser pintado

xistosa - (josé torres) disse...

Por vezes talvez fosse melhor sermos polícias e prender quem desatinasse. rsss, rsss, rsss.
Não adianta pegar numa bandeira ou num lenço branco.
levantam-se mil armas.

(belíssimo e ardente pôr-do-sol)
Um abração.

Graça disse...

Lindo o seu dizer poético, Daniel!

Beijinhos

Everson Russo disse...

Um forte abraço meu amigo pra desjar um belo dia pra ti....

Carmem disse...

Dani

Que lindo!
Demais.

Bjusss

SAM disse...

Belíssimo, meu amigo! Como a sua alma! Seus versos são esculpidos com amor e lindos como uma pintura serena e de paz.


Carinhoso beijo, Daniel!

jo ra tone disse...

Daniel,
Assim é que é
O homem deve ter um H grande e a todo ele é possivel actuar conforme o poema
Abraço