A MINHA POESIA - A MINHA VIDA

quarta-feira, 18 de novembro de 2009

poema



ANJO CONSELHEIRO

Ao som musical de banjos
Nascem previsões
De resplandecentes anjos
Aparece o anjo conselheiro
Para problemas de amor
Andará pelo mundo inteiro
Metamorfose de homem
Dedicado companheiro
Valerá pouco
Prefere auscultar, ouvir primeiro
Sobre os sofrimentos de amor
O fiel Companheiro
O mundo por vezes é cruel para quem ama
Sofre na alma, convulsões
Como se fosse cair na lama
Não se deve viver de ilusões
O anjo a aconselha a caminhar

O seu caminho semeando perdões
Por novo caminho seguir
Caminhar sempre confiante
Encontrará sempre a meta a atingir
Preparado para outro amor encontrar
O anjo aconselha e vaticina
És mulher bonita encontras de novo quem amar
E o anjo sempre reluzente
Feliz por estabelecer o bem-estar
Cumprir as missões
Contribuir para um mundo de amar
Um mundo de uniões

 

Daniel Costa



9 comentários:

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Anjo/metamorfose de fiel companheiro neste mundo por vezes cruel para quem ama/aconselha à mulher não viver de ilusões, caminhar sempre - ainda que haja desvios a meta o amor é sempre atingível - que ela semeie o perdão - quem planta colhe os frutos.
Amor esperança otimismo generosidade perseverança bondade e nenhuma vaidade.
O Anjo cumpre as missões/estabelece o bem-estar/contribui para o mundo de amar/mundo de uniões.
Daniel, Meu Poeta, amei de amar. Amanhã lá vai estar.
Obrigada por tudo muitos beijos bons e melhores dias sempre
Compreendo por que parou sim, amigo
Renata

Desnuda disse...

Daniel, belíssimo poema! Muito inspirado e inspirador para todos nós. Obrigada.

Carinhoso beijo, amigo!

Sonia Schmorantz disse...

Muito bonito este poema!
Um abraço

Whispers disse...

Querido Daniel

Me diga onde esta esse anjo conselheiro, tenho um pedido a lhe fazer.
O fiel Companheiro, que dos mal, nos ajuda, será que ele anda a dormir hoje em dia
Pois o mundo anda muito podre
Daniel, obrigado pelas tuas palavra em meu whispers, só que eu sei bem reconhecer um sonhador de letras, com um coração de poeta.
De tudo fazes um poema, e dos teus poemas sai lava de emoções.
Ainda bem que és assim, pois tua leitura é suave e doce de se ler. não fazes dos poemas pedaços de dor.
E eu gosto de vir de além mar me embriagar nas tuas palavras
Mil beijos e um dia feliz
Rachel

Val Du disse...

Daniel

Um anjo assim, é muito bom.
Mensageiro do bem.

Beijos.

Everson Russo disse...

Nossa meu amigo poeta, seu poema alem de lindo me fez aqui pensar, onde será que anda meu anjo conselheiro do amor? acho que ele me deixou, deixou meus sentimentos largados por ai, a procura de paz, o amor é sempre calmo, sereno, benigno e sempre paciente, que assim seja,,,que assim venha....abraços fraternos e um dia cheio de paz pra ti.

poetaeusou . . . disse...

*
Daniel
,
dá-me tudo
menos conselhos !!!
,
diz a juventude,
,
e eles têm razão ?
,
um abraço,
,
*

Everson Russo disse...

Meu amigo poeta, deixo pra ti um forte abraço e o desejo que tenha um final de semana de muita paz e claro, o agradecimento por eu poder contar com sua amizade e sua atenção diariamente....

EDUARDO POISL disse...

Hoje passando para de agradecer a visita no meu blogger e ler este poema maravilhoso.

"Se tiver que amar, ame hoje.
Se tiver que sorrir, sorria hoje.
Se tiver que chorar, chore hoje.
O ontem já se foi e o amanha talvez não venha".

(André Luiz/Chico Xavier)

Abraços, um lindo final de semana com muito amor e carinho.