segunda-feira, 12 de abril de 2010

Poema

Image and video hosting by TinyPic  

OFERTA DA RENATA, A QUEM FICO GRATO



AMOR DE PAIXÃO

Quando se agita o coração
Fica-se inquieto, reina o caos
Será forte amor de paixão
Deve amar-se todo o mundo
Não se estabeleça confusão
Porém um amor profundo
Não um momento de ilusão
Um clic que pode atormentar
Fazer arder de paixão
Chegar a um estado tal
Terminar só numa confissão
Terminar em doçura
Tranquilizar o coração
É assim um amor de paixão
As entranhas irão deixar
De navegar em cachão
Como é bom amar
Navegar num mar de paixão
Amar e ser amado profundamente
Jamais poderão haver ilusões
Vão fundir-se
Dois ternos corações
Num só desejo de felicidade
Em eternas uniões
Onde reine a cumplicidade
O eterno mundo de paixão
Amor suave e de verdade
Onde palpita apenas um coração

Daniel Costa

25 comentários:

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Lindo!
O AMOR É MESMO O PARAÍSO!
by Renata Cordeiro
O amor não é um lugar desconhecido. Não é de todo um lugar comum. O amor é um lugar familiar. É um bom lugar. Um lugar onde é sempre gostoso voltar. Mesmo que já tenhamos sido felizes lá. Mesmo que tenhamos deixado de ser. O amor é um lugar onde cabe mais um. Onde cabem todos. Os amores. Onde às vezes não cabe mais ninguém. Um lugar onde é gostoso dançar, onde é gostoso tirar a roupa, o sapato, onde é gostoso cantar bem alto, bem baixo, sei lá. O amor é um lugar onde nos sentimos bem. Conosco e com os outros. Um lugar onde nos damos. Onde sofremos. Sozinhos. Acompanhados. Um lugar onde rimos, onde os olhos brilham, onde nos inflamamos. O amor é um lugar quente. Onde choramos. Onde nos faltam as forças e nos encorajamos. Onde tudo parece interminável. Inquestionável. Irrepetitível. Onde tudo começa. Onde tudo faz sentido. O amor é um lugar inconfundível. Cheira a amor. Nesse lugar. É o lugar onde fazemos amor. E onde só o amor entra. Um lugar pouco iluminado. Onde os cabelos se desalinham e se borra a maquiagem. Onde é bom abrir as janelas. Deixar entrar o sol. Um lugar que conhecemos de olhos fechados. Que tateamos. Onde nos orientamos. Onde nos perdemos. Um lugar onde chegamos e nos sentimos em casa. Onde nos servem o prato favorito, onde não nos perguntam o que vamos beber. Um lugar onde se misturam todas as cores, perfumes, sabores. Onde nos sentimos. Ora seguros. Ora desamparados. Um lugar onde se dão palavras, gestos, gozos. Onde se cruzam olhares. Um lugar onde sorrimos. Onde tudo parece acontecer sempre pela primeira vez. E pela última. O lugar onde voltamos, onde voltaremos sempre a nos encontrar. O amor é mesmo o Paraíso!

Beijos
Muito obrigada por tudo e sobretudo.
Estou de partida.
Renata
Aquela imagem é a minha representação, oferta da Manuela!

SAM disse...

Querido amigo,

este é realmente um poema fantástico, porque descreve bem o amor:

" Amar e ser amado profundamente
Jamais poderão haver ilusões
Vão fundir-se
Dois ternos corações
Num só desejo de felicidade "
´
E desta forma, tornam-se cúmplices! E assim tive a felicidade de amar e ser amada...E continuar a ser.


Bravo, Daniel!!! Beijos e linda semana, querido amigo.

Pérola disse...

Fantástico!!!
Beijos meu querido.

Fernanda disse...

Amigo Daniel,

Quem assim escreve sabe o que é o amor...
Sentimento lindo, perfeito, o mais nobre de todos.

Parabéns à minha amiga Renata, e muitos, muitos mesmo para ti.

Beijinhos

Carmem disse...

Dani, que lindinho.

Bjussssssssssssssss

Ana Martins disse...

Caro Daniel,
mas que sensibilidade!

Beijinhos,
Ana Martins

angela disse...

Lindo poema amigo, que nos fala da paixão suave, do encontro de dois corações.
Delicado e belo como sempre
beijo

lita duarte disse...

Oi, Daniel.

Muito lindo esse poema.

Parabéns por tanta inspiração.:)

Beijos.

Everson Russo disse...

Belissimo e intenso esse amor de paixao,,,forte, poderoso, faz a gente sonhar com o paraiso, faz a gente levitar, ser feliz, acreditar que o coraçao enfim encontrará a paz....abraços fraternos amigo e uma bela terça feira.

eurek@ disse...

Ola, Obrigado por visitar meu blog,
se tiver algum pedido e so fazer.

adoraria postar algo referente ao cinema e a Musica de Portugal, por favor, me envie dicas.


adorei todos seus blogs, como sou leigo nesse assunto fiquei na duvida em qual enviar está mensagen, portanto enviei nesse que havia seu nome.


obrigado
Rodrigo
Eurek@

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Olá, Daniel! Tudo bem? Eu te beijo!
E beija eu, beijas? Porque hoje é dia do Beijo!
Chuva de beijos porque já saioooooooooooooooooooenãopodiadeixardevireverte************

************

Seja eu!
Seja eu!
Deixa que eu seja eu
E aceita
O que seja seu
Então deita e aceita eu...

Molha eu!
Seca eu!
Deixa que eu seja o céu
E receba
O que seja seu
Anoiteça e amanheça eu...

Beija eu!
Beija eu!
Beija eu, me beija
Deixa
O que seja ser...
Então beba e receba

Meu corpo no seu
Corpo eu, no meu corpo
Deixa! Eu me deixo
Anoiteça e amanheça...

Seja eu!
Seja eu!
Deixa que eu seja eu
E aceita
O que seja seu
Então deita e aceita eu...

Molha eu!
Seca eu!
Deixa que eu seja o céu
E receba
O que seja seu
Anoiteça e amanheça eu...

Aaaaah! ah ah ah ah! ah!
Ah! ah ah ah!Ah! ah ah ah
!Ah ah ah!...

Beija eu!
Beija eu!
Beija eu, me beija
Deixa
O que seja ser...

Então beba e receba
Meu corpo no seu
Corpo eu, no meu corpo
Deixa!
Eu me deixo
Anoiteça e amanheça...

Aaaah! Aaaaah!
Oh oh oh oh oh oh!
Oh oh oh oh oh oh!


BEIJA EU
Composição: Arnaldo Antunes, Marisa Monte

Bom Dia******************************

anita sereno disse...

ola Daniel que amor lindo onde dois corações se transforma apenas num
um amor lindo ...
fica bem boa noite beijos amei

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Não por acaso, por aí também é o Dia do Beijo, sobretudo Humano. Há diversos tipos de beijos, os dos nossos blogs são solidários e humanitários.
É claro que as interpretações podem variar.
Muitos beijos para você, Daniel querido!
Bons Dias Sempre! Nem sei por que falo isso, já que há tantas pessoas que o beijem entre os seus.
Sorte a sua>
Renata

Felina Mulher disse...

Olá Daniel, estive uma semaninha afastada da net...e qta saudades eu senti....e chego aki e começo a ler sobre paixão..delicia de poema e a tua sensibilidade sempre me impressiona.


Um beijo querido amigo.

Whispers disse...

Querido,

Hoje te venho beijar
Dizem que hoje e o dia do beijo, entao sente o meu beijo com carinho,mesmo distante,mas presente no teu coracao
Rachel

Pérola disse...

Obrigado meu querido.
Filhos vc sabe como é,temos q dar uma forcinha rs.
Agradeço o carinho.
Beijokas.

Maria Bonfá disse...

oi querido.. passando ja bem tarde por falta de tempo hoje. desejo a vc uma noite de muita paz..beijão

nely disse...

Que poema! Lindo!

Abraços.

Everson Russo disse...

Um forte e fraterno abraço amigo pra desejar um belo dia de paz.

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Bom dia, querido Daniel!

*Abençoados os que possuem amigos, os que os têm sem pedir.
Porque amigo não se pede, não se compra, nem se vende.
Amigo a gente sente!*
Machado de Assis

Beijos

Mariazita disse...

Olá, Daniel
Vindo de ti não me surpreende, este poema.
Tu SABES o que é Amor, tens sido muito amado, e tenho a certeza que continuarás a ser...
É muito lindo, o teu poema.
Parabéns!

Beijinhos

Glória Müller disse...

Bem, deixa eu me situar primeiro. Quantos blogs... Parabéns! Para quem tem facilidade e o dom da escrita um blog só seria, realmente, muito pouco.
Vim agradecer o seu gentil comentário. Muito obrigada!
Abraços
Glória

jefhcardoso disse...

Olá Daniel! Hoje é quarta-feira, uma correria. Não repare em minha visita relâmpago, mas venho lhe convidar para ler o novo capítulo de “O Diário de Bronson (O Chamado)” e deixar o seu comentário.

Retornarei com melhores modos e mais tempo. Tenha uma ótima semana. Abraço do Jefhcardoso!

AFRICA EM POESIA disse...

Daniel
Temos que tentar viver a vida de forma a sermos felizes...

para ti meu amigo
Um beijo

VANUZA PANTALEÃO disse...

Passei para te deixar um carinho especial, meu querido amigo.
Sua Amizade, forma de amor maior!!!Bjsss