terça-feira, 27 de abril de 2010

Poema


                            


VIELAS TORTUOSAS

Ver o lado óptimo das coisas sérias
Jamais será ignorar
Este mundo, este vale de misérias
Não é mal, saber haver vielas tortuosas
Saber haver um mundo de maldades sérias
Vielas onde vagueiam risonhas pessoas
Nesse mundo de insanidade e lérias
Sua excelência o optimismo
Será um outro mundo de humanidade
Tem de ser visto assim mesmo
Sem invejas, à mistura com falsa lealdade
Será sempre o verdadeiro sonho
O optimismo a comandar os feitos, a realidade
Pugnemos para que nas vielas tortuosas
Deixe de funcionar a desumanidade
Acabem antros
Esses universos de precariedade
Se criem galáxias
De amor de humanidade
Só aos desonestos
Podem interessar insinuações e desonestidade
De viver na sombra
Na nefasta sombra da maldade
Sejamos perseverantes fiéis
Ajudemos a acabar esse mundo de mediocridade
Participemos na criação de um oásis
De fé, de optimismo, de humana fraternidade

Daniel Costa


25 comentários:

lita duarte disse...

Daniel,

Estamos juntos nessa boa vontade e atitude em criar um mundo melhor.

Seremos fortalecidos na união.

Um grande beijo.

Elaine Barnes disse...

interessante e bonito meu amigo. Se cada um deixar a hipocrezia de aldo e a mediucridade...Se cada um doar um pouco mais de compreenção e amor ao próximo com certeza a vida melhora pra todo mundo. Montão de bjs e abraços

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Sim, para que os de boa vontade, cheios de amor, que deixam a maldade de lado, como quem faz um Lindo poema como este, contribui para a criação de um mundo melhor.
Parabéns, Poeta Daniel Costa!

***********


Não há enganos

Todos temos de ser felizes

Todo temos um Dia de Anos

Coincidência a vinte e dois de Março

Dia de S. Zacarias

S. Ambrósio de sete de Dezembro

Santos todos os dias

Santos com nomes como Elói

Profetas como S. Daniel ou S. Tobias

Mártires, sofredores e doutores

Veio um Santo Elias

Os Santos pregadores

Prégaram para sermos felizes todos os dias

Podem valer as suas palavras

Se tivermos o espírito pronto a folias

Ser feliz é obrigação

Pensamentos sempre positivos

Sonhos que aqueçam o Coração

O sonho e a luta pela verdade

Deve ser como uma devoção

Sejamos optimistas

Santos e deuses estão por nós em oração

Sejamos sempre sensíveis

A anseios, a sonhos belos

Sonhos de vidas aprazíeis

O que se sonha muitas vezes acontece

Usemos o poder do sonho

Como uma grande benece

Em dia de anos brindemos pela felicidade

Como todo o mundo merece
Em qualquer idade

Daniel Costa*


Obrigada por tudo sempre, meu amigo que tanto me ensina.
+ um grande beijo*************
Renata

Felina Mulher disse...

Este teu texto é uma verdadeira oração....e eu diria AMÉM, poeta!Tomara um dia estejamos todos unidos por uma unica causa.


Um beijo pra vc da FElina.

Sandra Botelho disse...

Belo texto. Como o mundo seria melhor sem tanta mediocridade. Bjos achocolatados

Mariazita disse...

Olá, Daniel
Gostei muito deste poema, um apelo à unidade contra a mediocridade que reina no mundo e em que sobressai o teu proverbial entusiasmo pela vida, pelo optimismo e pela fraternidade.
Parabéns, querido amigo.

Um resto de tarde feliz.

Beijinhos

Luis disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
SAM disse...

Querido amigo,

um apelo uma oração, um poema feito de coração onde flui sinceros sentimentos e de uma visão mais fraternal, mais premente! Para que o ser humano tenha a objetivação de ser mais humano cultivando o bem universal e os bons valores. Belísssimo poema! E maravilhosa reflexão.


Carinhoso beijo.

Luis disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Fernanda disse...

Olá amigo Daniel,

Agora sou mesmo eu, a Ná:)))

Já sabes que adoro tudo o que escreves.
Este é um hino a uma vida mais humanizada e melhor.

Partilho contigo o sentimento e as esperanças.
Beijinhos


Na Casa do Rau

VANUZA PANTALEÃO disse...

Tô nessa, amigo!
E com você à frente sinto-me mais disposta ainda.
Daniel, vamos tirar umas feriazinhas de quase um mês, mas tem post novo por lá e falando de mulher, a sua especialidade (no bom sentido, rs), apareça, hein? Sem obrigação, claro!
Carinho verdadeiro!!!

Zélia Guardiano disse...

Lindos versos e lindo blog!
Voltarei outras vezes.
Um abraço

angela disse...

Bonito poema e a musa lhe inspirou palavras de esperança e otimismo. Gostei

Everson Russo disse...

Estamos mesmo precisando criar galaxias de amor,,,de paz,,,de humanidade pra termos ao certo um mundo melhor,,,abraços fraternos meu amigo,,,de bom dia.

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Bom Dia, Daniel!


************


Meu Mundo
by Renata M. P. Cordeiro

A beleza perdura passada a tristeza


Eu vivo num mundo

Cheio de pessoas adoráveis

Sempre presentes

Ainda que em espírito

Quando eu preciso

Que me ajudam

Como podem.

Minha mãe, mulher única

Que me faz sentir suas emoções

Meu pai, memória viva

Meus irmãos, crianças eternas

Minha amiga, coração sensível

Meu amigo, agasalhado no peito

Meus primos e primas,

Todos cheios de encanto

Meu amor, que me bebe o pranto,

Todos os meus amigos,

Aqui e aí

Corações desmedidos.

Eis meu mundo repleto

De estrelas mágicas

De anjos amáveis

Guardo a todos

Para sempre,

Pois nos meus olhos

Eles brilham

Eternamente.

Beijosssssssssss
Até mais

Carmela disse...

Bonito.

Bjsu

Lúcia Leme disse...

LINDO DEMAIS!!

BJUS

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Daniel, juro que na que entrei vi um poema escrito *Da Minha Vida, Da Minha Poesia*, e vim aqui e nada encontrei. Cliquei no seu álbum de fotos e não para fazer o login porque eu estou ainda com o poema na mão, que eu lhe dedico, com muita admiração e comovida.



No distante e deserto jardim pelas
Flores que se confundem com estrelas,
Estende-se um tapete só de folhas:
Vem, vai, anda, porém jamais as colhas;

Nunca sabemos sobre o que pisamos:
Se rosa, espinho, amor-perfeito ou ramos.
Todavia, atenção! Quem sabe o rio,
Cheio de dor e inquieto, com seu brio,

Rebente, inunde o mundo com as águas
Repletas só de lágrimas e mágoas.
Ou talvez tenha então pena da gente,

E espalhe a sua prata tão silente,
Enchendo os nossos olhos de esplendor,
Como um perfume em noite só de amor...

Soneto do Passado Presente 6
By Renata Cordeiro

Beijos.
Até mais

Felina Mulher disse...

Harry Fosdick disse um dia:Nenhum ser humano é completo em si próprio.
São os amigos que nos preenchem, e é isso que vc faz amigo


Um abraço e que sua vida seja de muitos amizades e alegrias

FOTOS-SUSY disse...

OLA DANIEL, BELISSIMO POEMA...UMA LINDA REFLEXAO...QUE TENHA UM FELIZ RESTO DE SEMANA AMIGO!!!
BEIJOS DE AMIZADE,


SUSY

Everson Russo disse...

Deixo te um abraço fraterno e o desejo que tenha um belo dia de paz...

Felina Mulher disse...

"Ando bem, mas um pouco aos trancos. Costumo dizer, um dia de salto 7, outro de sandália havaiana."

Caio de Abreu.


Um beijo Daniel.

Cristiana Fonseca disse...

Encantador poema, como sempre brilhante.
Bjs

Elaine Barnes disse...

Oi amigo, sei pra saber se está td bem e desejar um excelente final de semana

Lúcia Leme disse...

Um bom dia pra ti.

bjus