quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

POEMA A COR DA FELICIDADE



A COR DA FELICIDADE

Procurada, sabemos não ter idade
Sua cor, embora suspirada não existirá
Esse dom, esse bem que é sentir a felicidade
É cristalina, incolor como a água pura que há
A de rios ou fontes, nem sempre a da cidade
A felicidade mora perto, dentro de nós quiçá
Nunca está longe, nem na comunidade
Se queremos atribuir-lhe sabor
Então procuremos na areia duma praia
Se olharmos com pundonor
Como desafio, não encontraremos cambraia
Símbolos de felicidade de amor
Simples corações que se desenham na areia
Falta gritar bem alto com fervor
Fica-se como que enleado na teia
Para dizer EU AMO! Meu anjo senhor
Não procuremos a felicidade como quem a granjeia
Ela está perto, dentro de nós, é penhor
Nunca a encontraremos longe
Podemos sempre exibi-la, atraindo o amor
A cor da felicidade é coisa inexistente
Ela, para ser pura, é incolor
Nasceu para nunca ter idade
Faz parte deste mundo do amor
Eis o que será a simples cor da felicidade
Felicidade com sabor
 A cor da felicidade!
Felicidade do amor
 
Daniel Costa

12 comentários:

Tunin disse...

Daniel, como gosto dos teus poemas. São uma claridade.
Abraços.

Severa Cabral(escritora) disse...

Amigo Daniel!
Um dia a felicidade vestiu-se de verde...e aconteceu o AMOR...
Pois a felicidade tem a cor que pintamos.e para que ela tenha as cores do arco-íris temos que pintar com a cor do amor.E para que sua cor nunca caia ou desbote temos que renovar todos os dias a sua pintura...
Abç

Estrelinha disse...

Belos seus poemas amigo

Gosto de ler

Parabens

BJS.

Everson Russo disse...

A felicidade tem todas as cores que a gente quiser, que a gente imaginar,,,que a gente inventar,,,felicidade é uma busca eterna e diária em nossas vidas...belo poema amigo...abraços fraternos de bom dia.

Olhos de mel disse...

Lindo demais, meu amigo querido! Quer saber qualquer idade? Pergunte sobre sua felicidade...
Ela sim, brilhará, mostrando que o encantamento com a vida, nos leva a jovialidade...
Beijos

Everson Russo disse...

Um belo final de semana pra ti meu amigo...abraços fraternos.

Marta disse...

A felicidade será a cor dos nossos desejos, da nossa paixão, do nosso amor...
Lindo...
Beijos e abraços
Marta

Mariazita disse...

Olá, Daniel
Lindo, o teu poema sobre a Felicidade!
De facto cada um de nós atribui-lhe a cor que mais deseja. O mesmo acontece com o cheiro e o sabor: depende de nós mesmos, e para cada um será diferente.
O importante é senti-la, seja qual for a sua cor...

Bom fim de semana. Beijinhos

MARILENE disse...

Tudo que temos no interior é incolor. E lá está a sensação de felicidade, no amor que doamos, nos pequenos prazeres que conquistamos. A idade não é parâmetro para se medir a felicidade. Ela não é contada, medida, analisada... apenas sentida.

Bjs.

Sonhadora disse...

Meu querido Poeta

Mais um poema maravilhoso...a cor da felicidade pode ser todas as cores do arco-íris, como o seu poema.

Beijinho com carinho
Sonhadora

Everson Russo disse...

Um belo sábado pra ti meu amigo...abraços fraternos.

Bandys disse...

A cor da felicidade são todas meu amigo.
E vc representa elas muito bem, pois vc é a cor do amigo, da alegria.

Um beijo,