A MINHA POESIA - A MINHA VIDA

sexta-feira, 3 de julho de 2015

POEMA AVÉ MARIA




Aguardando a imagem surja no bote à esquerda



No fim, brindando com amigão Veroni


AVÉ MARIA 

O estuário do Rio Paraíba sorria
 Brilhantes os holofotes
Avé Maria!...
A beleza sem archotes
Entrada na noite, alquimia
Surpresa num dos botes
Emoção sóbria com primazia
Humanos em magotes
Avé Maria
Praia do Jacaré, de dotes
De João Pessoa, faz história,
Poderia dizer-se, seus laçarotes
Jurandy do Sax torna memória
Interpretando, música em virotes
Avé Maria
 A virgem abençoaria, seus fiéis filhotes
A imagem, ao som do sax, se descobria
Paraíba, do turismo, em pacotes!
Avé Maria!
Avé Maria!
Avé Maria!

Daniel Costa



8 comentários:

✿ chica disse...

Bela saudação em poesia! lindas fotos! abraços,chica

Graça Pires disse...

Avé Maria! Um hino à vida...
Beijo.

Ivone disse...

Lindo poema e lindas as fotos, estás muito bem nelas, meu amigo Daniel!
Abraços bem apertados!

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

Oi Daniel um poema que é uma oração.
Lindo.
Bjs e um ótimo final de semana.
Carmen Lúcia.

Marta Vinhais disse...

Uma homenagem à vida...
Lindo...
Beijos e abraços
Marta

Magia da Inês disse...


Já ouvi falar desse músico que toca para os turistas.

Boa semana com muita saúde e muita harmonia!
Beijinhos¸⋰˚✿
✿¸⋰˚✿

Felisberto N. Junior disse...

Olá,Daniel, reunião de amigos para um bom bolero ao som de Jurandy do Sax , uma boa conversa,um brinde e abençoados pela virgem Maria ... Assim, uma viagem de turismo e por que não,de bote, perfeita!Avé Maria, belas fotos e Abraços ao amigão Veroni.Obrigado pelo belo comentário,belos dias, abraços!

MARILENE disse...

Lugar lindo, amigos, música... Tudo isso é vida, bem cantada por você. Abraço.