A MINHA POESIA - A MINHA VIDA

sexta-feira, 6 de março de 2009

poema

DAR A VIDA

Realçando uma dedicação
Há quem diga dar a vida
Dar a vida por uma questão
É uma imagem
Tem havido quem dela
Se desfaça por desilusão
Seria a última coisa a ocorrer
A quem raciocine
Bem de antemão
Atentar contra a vida
Não será espírito são
Porém a imagem
Não será em vão
Talvez por humanidade
Por uma dedicação
Alguém ter passado para lá
A mesma dedicação
Acabou por trazer para cá
Ultrapassando a cancela
Depois o portão
Aventura, mesmo odisseia
De alguém que amando o mundo
Quiçá por isso, soube dizer não
Dá gozo a beleza do mundo
Onde reina putrefacta
Também grande podridão
Gostar de viver
Não será ilusão
Ao que não gostamos
De direito e dever diz-se
Não!...

Daniel Costa




15 comentários:

Roderick disse...

A vida é o melhor que temos!

Val Du disse...

Amar a vida... sempre!

Meu amigo Daniel, sempre dizendo coisas muito profundas.

Um grande abraço.

FERNANDA & POEMAS disse...

QUERIDO DANIEL, PELO MENOS AQUI SABEMOS ONDE ESTAMOS... BOM FIM DE SEMANA... UM GRANDE ABRAÇO DE CARINHO,
FERNANDINHA

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Concordo com o que diz o seu poema, Daniel. Ninguém deve atentar contra a própria vida, pois a vida é uma dádiva.
Amigo:
Você vai passar no meu novo Blog hj? Muito obrigada por ter ido lá ontem. Eu precisa, Daniel, de algum poema seu que falasse de mulher(es). Vê se me arruma isso, me diz onde está e eu pego.
Beijos e parabéns, você é um excelente poeta.
Um beijo,
Renata

Laura disse...

Mas, por vezes nem sequer somos capazes de dizer um não! e por muito que se ame a vida, há quem não consiga voltar costas aos problemas e....Nem todos temos a verdadeira coragem de´lutar contra os problemas...só que quem parte dessa forma, esquece-se que voltará aqui de novo, e terá os mesmos problemas, ditos e feitos pelas mesmas pessoas que fizeram parte da vida que deixou!...
Um beijinho e nada de zangas, ahhh opor causa dos guarda chuvas..laura..

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Daniel:
O poema que vc me indicou "Areia Branca" é muito bom, mas não é bem isso que preciso para pôr no Feminina. Preciso de algo centrado na mulher, sem necessariamente ter um tom autobiográfico. Veja se consegue produzir um poema assim.
Um beijo,
Renata

Ana Martins disse...

VIDA, uma palvra com quatro letras apenas e que move todo e qualquer ser vivo!

Muito bom!!!!!!!

Beijinhos,
Ana Martins

Sonia Schmorantz disse...

Hoje vim só deixar meu abraço, meu agradecimento pelas visitas e pelo incentivo e também desejar um ótimo final de semana.

UMA PAGINA PARA DOIS disse...

Na margem do mundo
além dos meus olhos,
Belo,
Sei que o exílio será sempre
verdejante de esperança,
O rio,
Que não podemos atravessar
corre eternamente.
(Samuel Menashe)

Tenha um lindo final de semana cheio de amor e paz no coração
Abraços: Eduardo Poisl

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Daniel:
Fiz um post no Feminina dedicado ao Dia Internacional da Mulher. Apareça.
Beijos,
Renata

Bill Stein Husenbar disse...

Por vezes sabe bem dar a vida por alguém que amamos.

http://desabafos-solitarios.blogspot.com/

o¤° SORRISO °¤o disse...

Oi Daniel.

A vida é preciosa demais! :-)

Belo poema. Bom para refletir.

******

Tem um post especial para o Dia da Mulher no meu blog. Passa por lá!

EXCELENTE FIM DE SEMANA!


♥.·:*¨¨*:·.♥ Beijos mil! :-) ♥.·:*¨¨*:·.♥

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

O poema que vc me mandou, Daniel, está ótimo. Guardei para publicá-lo.
Um beijo,
Renata

mariam disse...

Daniel,

muito bonito!!

passei para lhe desejar
um dia (que 'dizem' ser da Mulher!) muito Feliz! seguido de muitos outros não menos fantásticos!

deixo um abraço, o sorriso de sempre e saudades!
mariam

xistosa - (josé torres) disse...

Pode ser um hino ou alegoria à vida.
Mas também temos o outro lado a face negra ...
De atentar contra a vida
não será espírito são.

Mas eu defendo a eutanásia e estou preparado ... só quero ter forças físicas para poder ajudar-me no momento certo.