sexta-feira, 3 de julho de 2009

poema


SEREIA

Num certo dia de Outubro
Dei um mergulho no Baleal
Passara à Atouguia da Baleia
Perto de S. Leonardo, a Catedral
Não estava acompanhado
Olhando a lua cheia
Surgiu uma bonita sereia
Conversa agradável meteu
Insensível à beleza, não serei eu
Com promessas agradeceu
Regressando por Atouguia da Baleia
Com o mavioso canto de sereia
Brejeira, solicitou boleia
Afinal queria farra,
Em noite de lua cheia
Cada vez mais a voz encantava
A isso não ligava
O tom de beleza admirava
Não me comovia
Outro compromisso importava
A sereia não sonhou
Nessa noite de lua cheia
Até madrugava, como planeava

Daniel Costa

12 comentários:

Tatiana disse...

Um poema lindo, Daniel!

Um abraço carinhoso e um ótimo Fim de semana para você!

Whispers disse...

Ola Daniel!

Como nao podia deixar de ser,Maravilhoso poemas

Ja tinha saudades de te ler....
Um beijinhos,bom fim de semanana
Whispers

SAM disse...

Lindo poema, Daniel! E a foto também!!! É claudia Cardinale?? Huau!


Beijos e lindo fim de semana querido amigo.

Ana Martins disse...

Depois de uma pausa chega e volta a encantar... Parabéns!

Beijinhos e bom fim de semana,
Ana Martins

Sonia Schmorantz disse...

Que bom que voltou a escrever, gosto da sua criatividade.
Um abraço e ótimo final de semana

UMA PAGINA PARA DOIS disse...

“O poeta é um fingidor.
Finge tão completamente
Que chega a fingir que é dor
A dor que deveras sente.
E os que lêem o que escreve,
Na dor lida sentem bem,
Não as duas que ele teve,
Mas só a que eles não têm.
E assim nas calhas de roda
Gira, a entreter a razão,
Esse comboio de corda
Que se chama coração.”

(Fernando Pessoa)

Desejo um lindo final de semana com muito amor e carinho.
Abraços


VISITE TAMBÉM O MEU NOVO BLOGGER UMA ILHA PARA AMAR

Laura disse...

Ah, pensei que tinhas estado com a Claudioa cardinale, ahhhh..Poema lindo a retratar os sentidos da altura..beijinho meu, laura.

Bandys disse...

Oi Daniel,

Saudades também.
Você continua com seus belos poemas...adorei a imagem a fotografia.

Hoje deixo pra voce um pensamento:
"Pegue um sorriso e doe-o a quem jamais o teve.
Pegue um raio de sol e faça-o voar lá onde reina a noite.
Descubra uma fonte e faça banhar-se quem vive no lodo.
Pegue uma lágrima e ponha-a no rosto de quem jamais chorou.
Pegue a coragem e ponha-a no ânimo de quem não sabe lutar.
Descubra a vida e narre-a a quem não sabe entendê-la.
Pegue a esperança e viva na sua luz.
Pegue a bondade e doe-a a quem não sabe doar.
Descubra o amor e faça-o conhecer ao mundo"

Beijos

Mahatma Gandhi

Val Du disse...

Oi, Daniel.
Muito bonito o seu poema.

Beijos.

MENSAGENS AO VENTO disse...

_______________________________


...muito especial essa sereia!

Rendeu belos versos...


Beijos de luz e o uma semana feliz, Daniel!!!

___________________________________

Iana disse...

Amigo Daniel

Quantas saudades meu caro
e quanto chego aqui não da vontade de sair, começo a ler-te e ler-te...

É bom estar aqui juntinho novamente contigo.

Uma semana linda pra você com muito carinho
muitos beijos e abraços fraternos
da rosa amiga
Iana!!!

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Daniel:
Foi esse o poema que eu publiquei no POESIAS EM LÍNGUA PORTUGUESA, não foi? Fez o maior sucesso, procure no Arquivo! É lindo! Nesse dia, também publiquei sobre sereias no AMOR, FEMININA e no O QUE QUER QUE SEJA. Vc recebeu meu e-mail? Não pude vir antes porque tenho de fazer repouso, estou muito doente. E como não posso fazer nada, hj abri mais um blog. Eu me explico.
Como adoro cinema, aliás como adoro tudo, criei um novo Blog de cinema. Eu me explico: lembra-se do SESSÃO DA TARDE? Era muito parecido com o que a Luciana faz, então eu o fechei. Este que abri se chama SÉTIMA ARTE e nele faço mini-resenhas, a que chamo CURTAS. Publiquei hj sobre Juventude Transviada, que aí passou como REBELDE SEM CAUSA (o correto, diga-se de passagem).
O endereço: http://blogrenatasetimaarte.blogspot.com.
Espero que goste e visite pelo menos o GALERIA, pois considero esta última edição a melhor que fiz até hj.
Um beijo, querido
Renata