A MINHA POESIA - A MINHA VIDA

terça-feira, 8 de setembro de 2009

poema


DEUSA DA FANTASIA - II

Não embarquei num avião
No meu mundo não havia
No mundo do sonho e da ilusão
Chegava num segundo
O da mundovisão
Mais rápido ainda
O da computadorização
Embarquei no último
Veloz queria sentir
O mundo da fantasia, da ilusão
Desembarquei na praia
Que emoção!...
Eis que uma bonita deusa
A deusa da fantasia em missão
Que dia!
Poder ver e sentir
A minha deusa da fantasia
A que tanto procurei
E tive a dita de ver um dia
Dia de sonho de fantasiosa doçura
Grande mordomia de alegria!
Que entre os senhores deuses
Jamais desvaneça
A deusa da fantasia
Que encontrei resplandecente
Naquele dia

Daniel Costa

18 comentários:

Conversa Inútil de Roderick disse...

Daniel, temos de saber de onde vem estas musas! Quais são os blogs das ditas!
;-)

Val Du disse...

Que maravilha!

Beijos

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Olá, meu querido!
Você sempre me reserva uma surpresa! Bom começar o dia assim! O poema ainda não saiu do meu Blog e já o encontro aqui.
Obrigada, querido, suas palavras tocam e sempre me vão tocar a alma. Agradecer é pouco perto do que você faz por mim.
Tenha um lindo dia!
Beijos e beijos,
Renata Maria
PS: Daqui a pouco, vejo os seus outros Blogs

SAM disse...

Mais um bonito poema, Daniel! Beijos e um ótimo dia, amigo.

Everson Russo disse...

Belissimo poema, sempre enaltecendo e cultuando a musa, uma belissima musa...forte abraço amigo e um belissimo dia de paz...e obrigado pelas gentis palavras no Livro registradas.

Pensador disse...

Daniel, você tem uma capacidade de captar a beleza da alma feminina como poucos. Que a musa possa sempre iluminá-lo, para continuar a nos presentear com poemas lindos assim.
Abraço, amigo!

FOTOS-SUSY disse...

OLA DANIEL, BELISSIMO POEMA, COMO SEMPRE...
UMA LINDA TARDE...
BEIJOS

SUSY

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Oi, Daniel!
Publiquei haicais no meu Blog, indiquei a amigos, dentro os quais você, é claro. Deixe para mais tarde. Vou ainda publicar no POESIA.
Beijos e beijos,

Andresa disse...

Lindo esse poema, dos que vc ja postou esse foi o que mais gostei..Cada vez mais me supreendo!

Obrigada pelo carinho, amei seu comentario da Amazona.... pode ficar a vontade para assobiar ...rsrsrsrs...

Um grande beijo

xistosa - (josé torres) disse...

Sempre a exaltação da mulher, aquela metade que por vezes esquecemos.

Pelos vistos, não lhe faltam as palavras para elevar a mulher.

Afinal a razão de vivermos.

Ana Martins disse...

Caro Daniel,
Renata, uma musa de eleição em mais um lindo poema!

Beijinhos,
Ana Martins

Menina do Rio disse...

Olha o Roderick já de olho na musa!
mas ela faz jus ao poema, Daniel.

Um beijo pra ti

Everson Russo disse...

Um belo dia pra ti meu amigo poeta, agradecendo sempre suas visitas e seus cordiais comentarios...forte abraço.

jo ra tone disse...

Daniel,
Ofertas de bens inesquecíveis e inesgotáveis, são por vezes de valor superior aos materiais.
Excelente trabalho.

Abraço

Andresa disse...

.....oooO.............
....(....)....Oooo....
.....)../. ...(....)..
.....(_/.......)../...
.............. (_/....
... PASSEI POR .......
.......... AQUI ......
......................para lhe desejar um otimo dia

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Daniel:
Acabei de publicar o poema da Andresa no POESIA. Por favor, vá conferir. E quem for amigo dela e passar por aqui, está, igualmente, convidado a fazê-lo.
Obrigada e beijos,
Renata Maria

Iana disse...

Amigo Daniel
que beleza de post...

Vim trazer meu carinho amigo, vim trazer minha amizade e dizer que estava cheia de saudades de estar aqui...

Beijos grande amigo
estou voltando aos poucos ainda não será totalmente... mas, prometo vir visitar mais vezes

Rosa amiga
Iana!!!

Marta Vasil disse...

Daniel

Que outras musas venham para continuarmos a ler esses sentires sempre tão bem elegantemente rimadinhos.

Beijos