A MINHA POESIA - A MINHA VIDA

segunda-feira, 11 de fevereiro de 2013

POEMA AMOR AUDACIOSO


 
AMOR AUDACIOSO
 Fabuloso,
Brilhante,
Amor audacioso,
Branco faiscante,
Trunfo afanoso,
Amor constante,
Gozoso,
Fulminante,
Brilho amoroso,
Sonho galopante,
Brilho afectuoso,
De diamante,
Anjo ditoso,
Pareceu delirante,
Me elevou fervoroso,
Voava doravante,
Ditoso,
Na galáxia vivificante,
Venturoso,
Verdadeiro amante,
Amor audacioso,
Cavaleiro andante,
Donairoso,
Teleguiado, viajante,
Parei, verificado o espantoso,
Praia, com banda verdejante,
Fazendo “pendant” vistoso.
Olhei em flagrante,
Amor audacioso!
Branco, como pérola brilhante,
Audácia fixando algo precioso!
Posava ali o brilho tonificante,
Mulher bonita, amor delicioso,
Delícia que se esfumava no instante,
 Não fora o anjo assombroso:
- O amor não ficaria vivificante,
O amor vitorioso,
Lindo amor, que deixaria de ser galante,
Deixaria de ser audacioso,
Pereceria, vigilante,
Sem a audácia, não gracioso,
Sonho apenas delirante!
Daniel Costa


11 comentários:

José María Souza Costa disse...

Estimado, Daniel Costa.

Esse amor versado, derramado d'Alma, é que fortifica, o Corpo e a Mente.
Tudo de bom, para vós.
Abraços.

Gracita disse...

E qual amor não é audacioso meu amigo! Assim maravilhosamente esculpido em versos ficou ainda mais deslumbrante e ... audacioso.
Beijinhos de amizade
Gracita

Fernanda Oliveira disse...

Olá amigo Daniel!Vim lhe desejar um ótimo inicio de semana e muita inspiração... Belo poema de amor audacioso,rs, me fez também um convite ao dicionário,rs. Beijos com carinho de Fernanda Oliveira

Fernanda Oliveira disse...

Ah, esqueci essa música é linda!

Mariazita disse...

Meu caro Daniel
Já estava com saudades de vir fazer-te uma visitinha :), mas, como sabes, tenho estado recolhida.
Mas já estou muito melhor "livre de perigo", como disse o médico quando me veio ver a semana passada. Agora preciso recuperar as forças, que estão um bocado em baixo, e fico fina outra vez!

Este poema é muito lindo. Enquanto o lia sentia-me voar! Muito, muito bom.
E as fotos da Severa... lindas, como sempre. Dá gosto vê-las, transmitem alegria e gosto de viver.

Já estou a preparar o post para o dia 14. Não vai ser muito "sofisticado"... mas dá para lembrar o dia - quinto aniversário da «CASA DA MARIQUINHAS».

Desejo-te um feliz Dia de Carnaval.
Beijinhos muito amigos

Severa Cabral(escritora) disse...

Boa noite amigo Daniel !
Esse amor Audacioso chega muito bem para uma pessoa que tem garra,que corre atrás do que quer,uma pessoa atrevida que vive em busca sempre dos seus objetivos...
O conteúdo desse amor é uma viagem ao mundo poético do qual descreves muito bem...E assim é o amor que de atrevido se transformou em audácia ...
Abç !!!!

Patrícia Pinna disse...

Bom dia, Daniel. Faz tempo que não nos encontramos.
Fiquei meses sem hd, mas agora estou retornando aos blogs amigos, uma vez que o problema foi solucionado, graças a Deus.
Eu espero que estejas bem, andas muito sumido.
São tantos adjetivos para este amor, que entontece aos olhos e alma.
Lindo, selecionada as palavras de dentro da alma.
Sem esses elementos, o amor não tem como sobreviver.
Tenha um dia de paz e beijos na alma.

edumanes disse...

Boa tarde amigo Daniel Costa,
O meu muito obrigado, pela sua visita, e comentário, escrito no meu blog.

Essa do camiliano
é muito engraçada
sou, da terra, alentejano
do calor ardente queimada!

Lavrada e ressequida
no verão empoeirada
no inverno da água caída,
fica na terra molhada!

Seu poema Amor Audacioso
Severa Cabral surpreende
Com seu jeito talentoso
Calor gostoso no seu corpo sente!

Boa quinta-feira,
uma abraço
Eduardo.

Vera Lúcia disse...


Oi Daniel,

Linda música embalou este poema de amor audacioso. Esteve inspiradíssimo. Belas fotos da amiga Severa.
Ótimo final de semana.

Beijo.

MARILENE disse...

O amor exige audácia e determinação (rss). Ele chega sorrateiro e nada nos pede, senão que arrisquemos. Você o canta com maestria, meu amigo. Bjs.

Mariazita disse...

Olá, Daniel
Muito obrigada pelos parabéns à minha «CASA», e, sobretudo, pelas tuas palavras, sempre generosas.

Não será tão cedo que publicarei com mais frequência. Para já, uma vez por mês está de bom tamanho :)
Sabes? Desde que fiquei "só" a minha cabeça parece que não funciona a 100%... tenho uma dificuldade enorme em escrever qualquer coisa. O meu pobre livro tem andado a passo de caracol...

Vou ver se consigo entre amanhã ou depois escrever-te email. Agora estou sem empregada (está doente desde a semana passada)e o tempo para o pc é muito menor.
Mas eu sei que tu compreendes e não levas a mal...

Bom fim-de-semana.
Beijinhos amigos