Translate

sábado, 11 de maio de 2013

POEMA AMOR DE CHUVA OUTONAL



AMOR DE CHUVA OUTONAL


Parecia vitral
Movida como prece, a chuva caia
Amor de chuva Outonal
Era assim que fluía
Como devoção em catedral
Se via cair noite e dia!
A via como teatral
Sonhando revivia
Amor de chuva Outonal
O meu anjo guardião sorria
Como se estivesse em arraial.
Escutando o som da melodia
Eu dormia sorridente como em festival
Onde o fogo-de-artifício saía
Amor de chuva Outonal
Ali em artifício sairia,
Na vertical,
Me elevando, me iluminaria,
Para em outra Galáxia a voar, genial!
Grande espaço conheceria,
Amor de chuva Outonal!
Me pareceu sem comando, ânsia havia!
Num dado momento, sazonal,
Me apaziguaria
Com uma visão a parecer celestial
Parara junto de uma iguaria,
Amor de chuva Outonal
Na figura de linda mulher, que amor irradia
Meu olhar faiscava, gravitacional
A bonita mulher, o meu coração tocaria
A vista do mar, os destroços, me parecera via promocional
A seta, de qual cupido, me atingiria,
Amor De chuva Outonal
Mirei ainda a rocha calcária, que me prendia,
Onde a mulher já estava a posar, elegendo um palco medieval
Enlevado, acordaria
O que era natural!
Senti um calafrio, tremia!
Amor de chuva Outonal
O anjo se moveu, eu sem aquele amor não ficaria!
 Amor de chuva Outonal!


Daniel Costa

AO LEITOR RECOMENDA-SE ABRIR O LINK PARA TER ACESSO A UMA PASSAGEM DO ESCRITOR DANIEL COSTA, EM 16/04/2013 PELA TELEVISÃO. CONVIDO-O POIS A VER O QUE FOI UM AVC, DE ESTREMA GRAVIDADE QUE ULTRASSEI.

 

  
 



10 comentários:

Anne Lieri disse...

Daniel,mais uma bela poesia inspirada na querida amiga Severa,sempre em lindas fotos por aqui!bjs e bom final de semana!

Evanir disse...

Daniel venho deixar meu abraço de amiga para você nessa noite.
Eu conheço bem o quanto tem trabalhado ao longo do tempo.
Louvo a Deus por ter conhecido você
é você que tem dado coragem e força nessa caminhada.
Seu testemunho é força , vontade de viver lutar e vencer ..vencer sempre.
Sua história de vida é para ser seguida .O Milagre..ES como Fênix.
Eu venho te visitar por ser meu melhor amigo um exemplo a ser seguido pela vida.
Daniel você é um milagre de :Deus..
Feliz Domingo abraços ,Evanir.

José María Souza Costa disse...

Olá.
Que todos tenhamos um dia das Mães, agradável.
que a benção do Criador, reluz, sobre cada um de nós.
Abraços.

Tunin disse...

Belo, Daniel, com a nossa incansável musa, a Severa!
Feliz dia das mães para todos.
Abração.

Felisberto Junior disse...

Olá!Boa tarde
Amigo Daniel
Mais um belo poema...emoldurado com as belas fotos da amiga Severa.
... Todo esse amor, misturado ao doce som da chuva outonal,
Resultou no auge do amor...
Pensamentos...há pensamentos....que tanto nos fazem sonhar...
E a chuva continua lá fora, doce, fina e delicada...como um anjo!
Obrigado pelo seu carinho de sempre
Bom domingo e início de semana, com paz e luz!
Abraços
ClicAki Blog(IN)FELIZ

Magia da Inês disse...

¸╭•⊰✿¸.

Bom domingo!
Beijinhos.♡ღ

•*✿⊱╮ღ

MARILENE disse...

O cupido está sempre a espreitar, e o amor a inspirar você. Essa chuva de outono costuma ser passageira, mas os sentimentos desconhecem as estações. Bjs.

Vera Lúcia disse...


Olá Daniel,

Mais um belo poema de amor. A chuva outonal é mesmo inspiradora para o amor.
Belas fotos da Severa.
Gosto muito de ouvir esta 'Metade' de Oswaldo Montenegro.

Abraço.

Lucinha disse...

Daniel,

Lindo poema de amor e chuva outonal.
A musa linda como sempre. Na última foto, ainda mais deslumbrante.
Deus fez um grande milagre na sua vida, nos proporcionou conhecer sua história de superação, e ainda nos presentei com seus seus lindos poemas.
Um lindo dia! Abraços.

Severa Cabral(escritora) disse...

Bom dia amigo Daniel !
Na verdade li o teu poema de uma forma pessoal, como se tais palavras aflorassem do meu ser, caso assim o fosse haveria esta pequena mudança, assim como não alcançaria tal beleza escrita. O que no teu poema chamas de chuva outonal, chamo de beleza outonal,
onde estou a contemplar o meu outono, os pensamentos caem como as folhas, mas nunca se apaga da memória, que ficará como nódoa gravada.
Para mim o Outono é uma época de mudanças... E senti-a ao ler-te no teu poema,fiz a viagem poe essa Galáxia e no final vi o anjo num raio de sol anunciado a esperança que teus poemas ganhará ainda muitos destaques no livro da vida...
Abç amigo !!!!!!!!!!!!!