A MINHA POESIA - A MINHA VIDA

domingo, 17 de agosto de 2014

POEMA ALEGRIA EM NITERÓI




NITERÓI DE ALEGRIA  

Olho a tua verdejante luxúria,
Tua espetacular verdura
Niterói de alegria,
Observando bem a tua cercadura!
Sem mencionar a tua majestosa via,
Teu rio Niterói, de envergadura,
A um tempo, tudo expresso na tua agronomia
Tudo a parecer fadada gravura
Sempre… Sempre cuidada harmonia
Oh! Niterói de beleza e ventura!
Beleza de eterna mordomia
Niterói de inaudita ternura
Niterói de alegria
Sempre difícil; determinar a tua candura!
A tua enorme mordomia,
O que um poeta sente, de doçura!
Até à tua gente, fortes laços associa,
Volta a olhar toda a excelsa verdura!
Murmurando: Niterói de alegria…
Niterói de alegria!... 

Daniel Costa


8 comentários:

Rosemildo Sales Furtado disse...

Olá Daniel! Passando para agradecer e tua importante visita, o teu gentilíssimo comentário e, lógico, me deliciar com mais uma das tuas belas criações.

Abraços e uma ótima semana para ti e para os teus,

Furtado.

✿ chica disse...

Muito lindo sempre e essa mais uma assim! Severa, como sempre bela! abração aos dois,chica

MARILENE disse...

Nossa, Daniel, que bom ver a Severa emoldurando sua postagem! Mais uma poema inspirado, a cantar beleza de um lugar mágico. Bjs.

Sonhadora (RosaMaria) disse...

Meu querido Poeta

Mais um belo poema, cantando as belezas do Brasil. E a nossa Severa sempre maravilhosa.

Um beijinho com carinho
Sonhadora

Marta Vinhais disse...

Que lindo, um lugar mágico...
Gostei muito....
Beijos e abraços
Marta

Ana Bailune disse...

Que lindas fotografias do Lago do Hotel Quitandinha, Daniel!
Vi as fotos no face, Severa esteve aqui visitando Petrópolis.
Belo poema o seu!

Anne Lieri disse...

Poesia cheia de alegria! Ficou linda e a foto da Severa enfeitou sua postagem. bjs,

Graça Pires disse...

Um poema onde é "louvada" uma das belezas do Brasil.
Abraço.