sexta-feira, 15 de agosto de 2014

POEMA AMOR DE DESCOBERTA


 
 
AMOR DE DESCOBERTA  

Quem ama, tende a não estar alerta
O coração bate em clima de confiança
Amor de descoberta
A paixão não vacila nem balança
Amar sim, porém de mente aberta!
Poderá haver alma na vizinhança
Movida por mal de inveja, certa
Pronta a abalar a segurança,
Com ou sem, acaso de descoberta!
Se poderá perdoar, mas usemos pujança,
Jovialidade redescoberta
Frontalidade, que avança
Amor de descoberta!
Maturidade que se lança,
Que passa, e a mente se liberta,
Se liberta em movimentada dança,
Sobre vilania, imaginada encoberta,
Lutar com perseverança,
De amor fiel, no limiar da porta
Eterna autoconfiança
Amor de descoberta! 

Daniel Costa


 


9 comentários:

Ivone disse...

Daniel, lindo, amor é mesmo assim, nada de estar em alerta, pura entrega, viver e amar sem reservas!
Gostei demais das rimas, tens esse dom de nos prender desde o primeiro verso!
Abraços meu amigo sempre querido!

Marta Vinhais disse...

O amor é abrir a alma....
Lindo como sempre...
Beijos e abraços
Marta

Vanuza Pantaleão disse...

"Daniel,o Poeta que Recriou o Amor", esse seria (eu acho) um bom título para um livro sobre a forma sobre como você consegue lidar com um tema que não é fácil, embora assim o pareça.
Parabéns por essa nova modalidade de amar, meu amigo!
A foto do cabeçalho? Uma ponte, a Rio-Niterói? É só essa que me vem à cabeça [risos].
Valeu pela força e um ótimo fim de semana, meu querido!Bjsss

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

Muito lindo esse seu poema onde fala sobre o amor em descoberta,através de belos versos.

Abraços amigo Daniel
Carmen Lúcia.

Vanuza Pantaleão disse...

Acertei, Daniel? Mas foi pura intuição, pois faz muito tempo que não ando por aquelas paragens.
Olha, eu estava relendo seu poema e o interessante é que a cada leitura a gente percebe ângulos diversos, complexidades.
A princípio pensamos num amor maduro, mas quando você nos remete à "dança", surge um amor quase juvenil e adolescente. Gosto disso!
Obrigada por sanar minha curiosidade, Daniel. Abraço carinhoso!!!

Marilene Domingues disse...

Amigo Daniel, que coisa mais linda esse seu poetar....Amor de pura entrega, de coração aberto, de alma leve e confiança mutua.
Parabéns!
Abraços com muito carinho
Marilene
Marilene Folhas Flores e Sutilezas

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

No amor tudo é descoberta.
Gostei muito.
Beijo,
Renata

Anne Lieri disse...

Daniel,mais uma poesia maravilhosa de sua composição!Amor tem que ser assim;puro e verdadeiro sempre! bjs,

Felisberto Junior disse...

Olá,Boa noite,Daniel
...confiança,auto confiança...muitos dos problemas de relacionamento são, na verdade, dificuldades para lidar com as diferenças e confiar na pessoa amada ... assim, não sendo, há de se descobrir que o mais lindo e belo dos sentimentos, é o amor...
Obrigado pela visita,belo final de semana, abraços!