A MINHA POESIA - A MINHA VIDA

segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

Poema





IENE


Em Belém do Pará
Um saboroso casqueiro
Iene gere a fábrica que o dá
Onde sai bom pão na metrópole de Belém
Pelo teclar, ou por vídeo
Iene faz chegar, bom dia a Lisboa também
Esquecia-me de dizer
A capital do Pará, Pará de Belém
Fica no litoral norte
Do imenso Brasil além
A cidade maior da linha do Equador
Onde a elegante, a bonita Iene
Gere com agradabilidade como um amor
Apelidos Silva Gomes
Em determinadas épocas
De Portugal por certo foram os sobrenomes
Simples e lindo o nome Iene
Que gere com sensatez
Aquela mulher elegante e bela
Será interessante de vez
Sentir-se a coordenação dela
A mulher mãe nova
Elegante como se fora donzela
Uma mulher que se orgulha
De ser feliz, que mulher aquela!
Feliz coração de oiro azul
Naturalmente um coração bonito revela
Um sacrário de guardar
Eis a mãe, aquela mulher bem
De Lisboa Iene, by… by
O desejo que jamais percas a felicidade
Fica registado, aqui vai

Daniel Costa




22 comentários:

Felina Mulher disse...

Olha que lindooo!!! Ver uma Paraense sendo inspiradora de tua poesia. Tbm sou de Belém do Pará, dizem que é a terra das morenas bonitas e cheirosas a patchouly.

Parabéns a vc e a Iene.

Beijos meus

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Maravilhoso! Iene, uma flor do Pará. Lindíssima. Sinto a sua fragrância só de sentir o seu belíssimo poema, grande Poeta e gentil amigo Daniel.
Hoje, estou um tanto comovida. Emprego palavras emprestadas às quais lhe entrego.


*Quando caminho pelos campos
vales e montanhas,
Sinto o aroma das fragrâncias das flores.
Percebo que cada flor é única com sua essência...!*

Um dia, distraída, uma flor maravilhosa multifragrante sentiu as minhas fragrâncias (porque mulher-mãe tem muitas) e me abençoou*

Fique com este poema, Anjo querido, e fique comigo porque preciso das suas bênçãos mais do que nunca.

*Gozo os Campos sem Reparar para Eles
Gozo os campos sem reparar para eles.
Perguntas-me por que os gozo.
Porque os gozo, respondo.
Gozar uma flor é estar ao pé dela inconscientemente
E ter uma noção do seu perfume nas nossas idéias mais apagadas.
Quando reparo, não gozo: vejo.
Fecho os olhos, e o meu corpo, que está entre a erva,
Pertence inteiramente ao exterior de quem fecha os olhos
À dureza fresca da terra cheirosa e irregular;
E alguma cousa dos ruídos indistintos das cousas a existir,
E só uma sombra encarnada de luz me carrega levemente nas órbitas,
E só um resto de vida ouve*

Alberto Caeiro, in "Poemas Inconjuntos" ortônimo de Fernando Pessoa

Beijos Renata Mil****************
Muito obrigada!
Que Deus o abençõe sempre!

FERNANDA & POEMAS disse...

QUERIDO DANIEL, MAIS UMA BELA SURPRESA... ADOREI CONHECER A TUA AMIGA... ABRAÇOS DE CARINHO E TERNURA,
FERNANDINHA

Elaine Barnes disse...

Mais uma bela homenagem a mulher brasileira. Ela com certeza ficará muito feliz! Lindo! bjão

Felina Mulher disse...

Olá Daniel,
Não sei se é meu fio condutor, mas meus textos, quase todos, falam de tristezas e de saudades...embora sejam saudades e tristezas fictícias. Costumo brincar dizendo que psicografo aquilo que escrevo.
Adoraria te-lo como seguidor.
Volte sempre.

Beijos...Felina.

FOTOS-SUSY disse...

OLA DANIEL, MARAVILHOSO POEMA...MAIS UMA LINDISSIMA HOMENAGEM...VOTOS DE UMA FELIZ SEMANA AMIGO!!!
BEIJOS COM AMIZADE,


SUSY

SAM disse...

Daniel, querido amigo. Um show de poema para um show de mulher! Linda , elegante e graciosa esta jovem senhora. Parabéns mais uma vez, Daniel! E Parabéns a Iene. Tenho vontade de conhecer Belém do Pará!


Beijos em ambos!

angela disse...

Bonita homenagem feita.com doces palavras.
beijos

Desnuda disse...

Obrigada pelo carinho, amigo. É recíproco e verdadeiro.


Carinhoso beijo

xistosa - (josé torres) disse...

Mais um belo poema quase na foz do Amazonas, para uma amazona e que transborda a simplicidade que aqui é uma "obrigação".

Um abração.

Ana Martins disse...

Muito bom Daniel!

Beijinhos,
Ana Martins

Sonia Schmorantz disse...

Ótimo registro, linda homenagem!
um abraço

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Meu querido Anjo, deixo-lhe estes momentos poéticos de Amor, para lembrá-lo de que não o esqueço.
Beijos mil*****************Renata

*NÃO DEIXE O AMOR PASSAR

Quando encontrar alguém e esse alguém fizer seu coração parar de funcionar por alguns segundos, preste atenção: pode ser a pessoa mais importante da sua vida.

Se os olhares se cruzarem e, neste momento, houver o mesmo brilho intenso entre eles, fique alerta: pode ser a pessoa que você está esperando desde o dia em que nasceu.

Se o toque dos lábios for intenso, se o beijo for apaixonante, e os olhos se encherem d’água neste momento, perceba: existe algo mágico entre vocês.

Se o primeiro e o último pensamento do seu dia for essa pessoa, se a vontade de ficar juntos chegar a apertar o coração, agradeça: Deus te mandou um presente: O Amor.

Por isso, preste atenção nos sinais - não deixe que as loucuras do dia-a-dia o deixem cego para a melhor coisa da vida:

O AMOR

Carlos D. de Andrade*

Tenha um lindo Dia.
* Se quiser ver o meu novo look, de ruiva, vá ao eu e daí?

Everson Russo disse...

Mais uma musa brasileira sendo homenageada pelo grande poeta...palavras de veludo, sempre bem colocadas, amizade e encanto nos versos do poeta....abraços amigo e um belo dia pra ti.

poetaeusou . . . disse...

*
a mulher
é um poema,
lido de muitas maneiras,
bom ou mau,
eis o dilema,
porque a mulher é ... mulher,
,
um abraço,
,
*

mundo azul disse...

___________________________________


Mais uma rosa, para o seu belo buquê de homenagens!

A Iene é uma bela flor!


Beijos de luz e o meu carinho, Daniel...

_______________________________

Andresa disse...

Como sempre amigo, um lindo poema, para uma bela mulher.
Parabens a ambos
Bjs
Andresa

lita duarte disse...

Nossa! Que coisa mais linda!:)

Beijos Daniel!

Laurita disse...

Olá amigo, lindo poema para a musa inspiradora. Linda homenagem. Beijos

Everson Russo disse...

Um belissimo dia pra ti amigo poeta...forte abraço.

Marta disse...

Uma musa...
Uma inspiração...
Um poema brilhante...
Posso pedir um favor? Coloquei no Com Amor um poema de Ary dos Santos - dá - me a sua opinião???
Beijos e abraços
Marta

VANUZA PANTALEÃO disse...

Belém do Pará, patrimônio mundial no seio da nossa Amazônia, nunca se sentiu tão grata ao ser por ti homenageada e com Iene ao centro, tal vitória-régia nos igarapés.
Daniel, um amigo do Brasil, cidadão do mundo!!!
Meu respeito e carinho!!!