sábado, 24 de julho de 2010

POEMA À BEIRA MAR

Foto: Daniel Costa


À BEIRA MAR

Na falésia à beira mar
Medito e descanso
Na frente o mar infinito como um altar
Ali estou num remanso
Acordo da letargia
Desço à praia
Findou o descanso
Vagueei sempre de atalaia
Num olhar, como se fosse de vigia
Olhando as belas que são
Sorvendo o fresco da maresia
E o bronzeado que lhes traz o sol
Com o iodo de todo o dia
Numa tranquilidade, como se empata* o anzol
Olhava e fixava como se acalmasse fobia
Enquanto mergulhava e boiava
Uma mulher muito bela sorria
Sorriso bonito para mim
Dum jeito como se fora
Canção de Vinicius, Nara, ou Jobim
Estava só, estaria louco?
Parecia uma sereia
Olhei mais um pouco
Estava encantado
Teria ficado mesmo louco?
Não estaria a ser catrapiscado?
Se me dispunha a olhar
Desejaria ser olhado
Porém tinha a namorada
Do outro lado
Não procurava amada
Adorava enfim
Que uma mulher à beira mar
Sorrisse para mim

Daniel Costa


* NOTA: Em linguagem de marinheiro, prender o anzol no Oeste diz-se empatar

17 comentários:

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Estou sorrindo pra vc, Anjo! Mas que lindo poema! Mais 1! Amei!
Parabéns!
Beijos***********

A manhã raia.
Não: a manhã não raia.
A manhã é uma coisa abstracta, está;
não é uma coisa.
Começamos a ver o sol, a esta hora, aqui.
Se o sol matutino dando nas árvores é belo,
É tão belo se chamarmos à manhã
"Começarmos a ver o sol"
Como o é se lhe chamarmos a manhã,
Por isso se não há vantagem em por nomes errados às coisas,
Devemos nunca lhes por nomes alguns.

Alberto Caeiro

+++++Beijos*
Tenha um lindo Dia!
Renata

Everson Russo disse...

São tantas coisas a beira mar meu amiro,,,um horizonte, um céu beijando o mar, nuvens que bailam, poesia de coraçãoe alma, paz interior ver a ida e vinda das ondas,,,serenidade de espirito, belissimo poema,,,,um otimo sabado pra ti.

Sandra Botelho disse...

Belo poema...
Quem não gosta de ser olhado admirado...
Desejado.
A beira mar, todos os olhares são escaldantes...
Bjos achocolatados

angela disse...

Uma sereia a sorrir para você é muito bom, é de encantar, assim como encanta seu belo poema.
beijos

Marilu disse...

Meu querido amigo, tudo a beira mar fica mais doce, mais romantico,lindo como esse poema...Beijocas

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Oiê, Daniel! Primeiro, beijos mil************
Muito obrigada por tudo sempre!
Agora, chega de rasgar, lá vai o poema!

*Mas há a vida
que é para ser
intensamente vivida, há o amor.

Que tem que ser vivido
até a última gota.
Sem nenhum medo.
Não mata*

Clarice Lispector*

Tenha um lindo Domingo, querido
+ Beijos
Renata

lita duarte disse...

Oi, Daniel.

Um poema muito bonito.

Beijos e bom domingo.

Everson Russo disse...

Um belo domingo de paz pra ti amigo e uma semana de muitas realizações,,,abraços fraternos sempre.

Sonia Schmorantz disse...

É a imagem linda do verão!!!
um abraço, ótima semana

Sandra Botelho disse...

Vim deixar-te um beijo enorme neste lindo coração.
Bjos mais que achocolatados e um lindo domingo

Desnuda disse...

Querido amigo,

um poema lindo e uma imagem linda. Um simples olhar tem a magia de nos fazer felizes!

Beijos com carinho e linda semana.

Vanuza Pantaleão disse...

Daniel, meu suave amigo!
Estou sorrindo para você, serei eu essa mulher?Rsrs.

Claro que estou brincando, mas adorei e curti esse poema leve e com sabor de Garota de Ipanema que você nos presenteou.

Uma ótima semana!!!Bjssss

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Beijos muitos querido!
Tenha um lindo Dia!
Muito obrigada!

"é inútil querer apressar o passo do outro,
a não ser que ele deseje isso.
Cada qual vê o que quer, pode ou consegue enxergar.
Porque eu sou do tamanho do que vejo.
E não do tamanho da minha altura."
Fernando Pessoa
Muito obrigada*
Bons Dias*
Renata

Everson Russo disse...

Uma belissima semana pra ti amigo,,,paz e poesia sempre,,,abraços fraternos...

Bandys disse...

Daniel,

Lindo o poema e as fotos. Adoro tudo que fala do mar. E ainda colocou Vinicius e Jobim, adorei

Beijos no teu ♥

Mariazita disse...

Daniel, meu amigo
Lindíssimo, o teu poema.
Gostei imenso!

Beijinhos

Pensador disse...

Belo poema e fotos maravilhosas.
Sinto saudade de estar a beira-mar, preguiçosamente, caminhando na praia de mãos dadas...
Abraços!