terça-feira, 17 de dezembro de 2013

POEMA VERA PORTELLA



 
 
VERA PORTELLA 

Mulher bonita, interessante, bela,
Mirando os escaparates da capital,
Vera Portella
 - Na sua Florianópolis Estadual,
É mulher garbosa, parece donzela!
- Estadual de Santa Catarina, recital
A sua elegância mais parece uma tela
Elegância escultural, divinal,
Vera Portella!
O seu brilho chega e paira em recital
Nas areias brilha ela
Nas areias de Santa Catarina visual
 Observando a praia, espraiando-se nela
A sua singela beleza representa um azimutal
Vera Portella
Graça de flor, orbital
Seu brilho atrai como estrela,
Estrela de sensualidade de cristal
Amor, beleza de cidadela
Mulher fina como fios de sisal,
Vera Portella
Mulher fofa de lustro real
O poeta fixa o olhar, em jeito de espreitadela,
Fica com a sensação de ver uma flor orbital…
Vera Portella!
Beleza que também presumo mental!

Daniel Costa


 

17 comentários:

Anónimo disse...

Sou do blog Folhas de Outono !!!!
Que legal encontrar a Verinha por aqui.Que saudades que tenho de interagi com os amigos.
Que lindo poema,vc construiu dedicado todinho só pra ela.Que seu brilho de cristal ilumine todos que por aqui passe para comentar.Uma pessoa de coração maleável e cheio de doçura.
Deixo dito que senti saudades dela e de você também ...
Abraços !!!!!!!

Fernanda Oliveira disse...

Olá amigo Daniel que lindo poema dedicado a minha tia de coração Verinha !

Ficou lindo, magistral como tudo que você escreve...
Ela vai amar, tenho certeza !

Beijos em seu coração amigo !

Fernanda Oliveira

Gracita disse...

Querido amigo Daniel
Que linda dedicatória à minha irmãzinha querida. E você captou com exuberância a mulher sensível e bela. Com certeza ela vai se encantar.
Beijos com carinho

Verinha Portella disse...

Gente do Céu...nem estou acreditando no que estou vendo...EU ESTOU NO BLOG DO DANIEL...sendo homenageada por ele, isso é demais para mim...nunca imaginei que um dia eu poderia ter essa honra, Daniel...meu amigo do coração, muito obrigada ,meu querido, estar aqui ,ser lembrada por ti...não há nada que eu diga que possa me fazer entender do quanto estou Feliz...Eu estou pertinho da SEVERA,no Blog do Daniel...quanta alegria ..hoje é um dia Especial Daniel ,eu te adoro...beijos veraportella

Verinha Portella disse...

Quero agradecer também, DANIEL QUERIDO, a essas pessoas maravilhosas, Minha mana Gracita linda,minha sobrinha Fernandinha,a maravilhosa SEVERA que tanta falta nos faz,quanta saudades amiga, e também a todas pessoas que vierem a comentar o poema dedicado a mim...
amiga do DANIEL COSTA
Veraportella (orgulhosa e feliz)

Vera Lúcia disse...


Olá Daniel,

Seu poema fez jus à beleza da Vera Portela.

Desde já, estou lhe deixando meus votos para que você tenha excelentes festas. Um Natal lindo e iluminado e um 2014 com muito mais saúde, mais sucesso e grandes alegrias.

Grata pela gentil companhia durante o ano.

Grande abraço.

Felisberto Junior disse...

Olá!Bom dia, Amigo Daniel!
que encanto...
Meus parabéns ,um deleite vir aqui e aspirar o perfume das flores , plantadas pelas suas mãos , em homenagem à querida poetamiga Verinha, discreta, elegante, serena, linda e coração enorme... poetamiga que fala de amor , sempre com belos versos coloridos desenhados em suas poesias...
(irei parar dia 19) vim agradecer pelo carinho da companhia em 13, e que estejamos juntos , novamente,em 14, nessa bela interação poética e de amizade!Muito obrigado!
Desejos de um Feliz Natal, Iluminado com sorrisos e alegrias , para vc seus familiares!
Ano Novo repleto de esperança, paz e luz!
Belos dias, abraços!

Marli Terezinha Andrucho Boldori disse...

Daniel, que belo poema para falar sobre a mulher. Uma rica homenagem que você fez a Vera.Tomei para mim alguns versos e os guardei no fundo da minha alma.Parabéns, pela sensibilidade de sempre. Grande abraço!

Daniel Costa disse...

EXPERIÊNCIA....

Claudio Schmitt disse...

Boa tarde Daniel muito lindo poema para verinha passei para conhecer seu blog e já estou seguindo um grande abraço de sol Claudio Schmitt

Marta Vinhais disse...

Obrigada pela visita, Daniel..
Umas Festas Felizes...
Como sempre, um poema cheio de carinho e amizade
Beijos e abraços
Marta

Arte & Emoções disse...

Oi Daniel! Lindo poema. Excelente homenagem esta que prestas a Vera, Parabéns!

Passando para te cumprimentar e, especialmente, para te desejar um excelente Natal e um magnífico 2014, repleto de muito amor, paz, saúde, felicidades e realizações, extensivo a todos os teus familiares.

Abraços e fiques com Deus.

Furtado.

Olhos de mel disse...

Lindo poema, meu amigo querido! Sempre elegante e carinhoso com os amigos.
Beijos

MARILENE DOMINGUES disse...

Olá Daniel!Belo poema meu amigo!A querida amiga Vera merece ser homenageada por um poeta lindo de coração, assim como você.
Boas festas!
Beijos carinhosos
Marilene

edumanes disse...

Nesta quadra natalícia.
Que haja paz, há tanto desejada
Seria de tudo uma boa notícia
Que ela de verdade fosse encontrada.

Severa Cabral
E Vera Portella
Qual delas afinal
É a mais bela!

Tão simpáticas as duas são
Se eu pudesse ambas raptaria
Apaixonaram o meu coração
Com sorrisos de alegria!

Obrigado pela visita, amigo Daniel Costa,
Desculpa amigo esta minha charltaria
Toda ela é sincera, nada de chacota.
Palavra de alentejano, a favor da cidadania.

Desejo Feliz Natal e próspero ano novo
na companhia de seus familiares.
Um forte abraço de amizade.
Eduardo.

Patrícia Pinna disse...

Boa tarde, Daniel. Lindo poema para a amiga e poeta Vera.
Creio que fez jus a ela, certamente.
Além de linda por fora, ela é por dentro também por tudo que cria e pelo que nos fala.
Parabéns.
Beijo grande.
Obrigada pela sua amizade,amigo Daniel, tudo de bom, um abençoado Natal e um 2014 MARAVILHOSO com muita paz, saúde, fé e amor 365 dias do ano.
Obrigada por estar sempre presente!
Beijos na alma!

Ivone disse...

Bom dia Daniel, antes de tudo obrigada pelo carinho de sua visita, aqui vendo e apreciando as belas postagens, principalmente as fotos lindas das amigas em comum, Severa e Verinha Portella, linda que é, é um prazer poder aqui comentar!
Abraços e tenhas um belo domingo!