A MINHA POESIA - A MINHA VIDA

quarta-feira, 8 de janeiro de 2014

POEMA SENHORA DO MAR






SENHORA DO MAR     
O meu desejo de te amar
Dispensa timoneiro
Senhora do mar
Quero amar-te por inteiro
Se o mar deixar!
Ser teu marinheiro
Espreitando a preia-mar
Da terra primeiro
Para vê-la com o mar se espraiar
Na sua galhardia de mulher por inteiro
Mulher de encantar!
 Amada, a parecer meu bolineiro
Senhora do mar
És amor primeiro,
Primeiro a me encantar
A espuma a evolar como nevoeiro
Ambiente para te aclamar
E o poeta prazenteiro
Senhora do mar
Brilho altaneiro,
Prendendo o meu olhar
Feliz, configurando, um jardineiro
Desejoso de te amimar
Porte de pioneiro:
- Senhora do mar
Senhora do mar
Senhora do mar! 

Daniel Costa
 

12 comentários:

✿ chica disse...

Poesia e senhora do mar lindas! Tuuuuudo de bom pra ti e pra Severa!

abração,chica

Marli Terezinha Andrucho Boldori disse...

Olá Daniel, quanta emoção contida em seu poema" Senhora do Mar". Fiquei mais feliz ao rever a minha querida Severa. Beijos a ela. Lindo poema com sensíveis palavras de um grande poeta e escritor que és. Grande abraço!

Anónimo disse...

QUERIDA CHICA!!!!!!!!!!!!
GRANDE AMIGA...
QUERIDO POETA !!!!!!!!
GRANDE POETA...
Presa num parágrafo
"...Senhora do mar
Senhora do mar
Senhora do mar!"
O que mais me atrai neste poeta é , sua forma de fazer poemas na produção de palavras, que traz uma luz que brilha com preciosidade à alma transparente . E é capaz de transformar letras em palavras tão sentidas ao ponto de virar um poema tão belo... principiante,
de palavreado paciente,planta a paz para os leitores.
Senhora do Mar são versos sugeridos que se dar o valor aos sentimentos, pois cada poema que se cria retrata um momento especial do nosso existir. Parabéns pelo seu sapiente pensar e esse jeito de fazer os mais lindos poemas. Muito obrigado pela sua recepção calorosa ao fazer este poema e, que veio partilhar deste ambiente poético com todos nós que já nos encontramos sempre por aqui.
Amei a escolha das imagens , são fotos muitos reais e que diz muito de uma senhora . SENHORA DO MAR !

PS: Deixo meu carinho para a Bandys 2,que sempre se faz muito presente nas boas lembranças.




Beatriz Paulistana disse...

Bom tarde amigo Daniel!!!
Amo mar...sua poesia está perfeitamente romântica!!!
Feliz e Abençoada Tarde!!!
Abraços da Bia!!!

Marta Vinhais disse...

O mar...o grande cúmplice...
E a canção escolhida é linda...
Obrigada pela visita
Beijos e abraços
Marta

Dorli disse...

Oi Daniel
Essa senhora do mar da imagem eu adoro.
Amo ler suas poesias são cheias de amor
Beijos
Lua Singular

Anónimo disse...

Bom dia !!!!!!!!!!!!!!!
Entre a visita dos amigos,não poderia deixar de passar aqui para deixar meu BOM DIA!Assim o Olavo comprova.
Grata sempre pelo carinho amigo que sempre passa para os amigos além Mar...o poema é inspirador e traduz muito de um lindo poema.
Sempre que der passarei nos amigos para rever-los,pois as saudades perduram sempre.
Abraço fraterno!!!!!!!!!!!!!!

PS:Deixo um abraço para Marli Terezinha Andrucho Boldori,uma grande jornalista...
A Chica sempre presente e dando força total.
Dorli sempre presente em suas passagens e comentários.
Assim vejo e estou a ver os verdadeiros amigos deste universo virtual.

Anónimo disse...

Comentário na Roda da Vida!
Grande Blog com uma gama de lindos poemas,estava a visitar o Facebook e lá comentei...

Reflexos Espelhando Espalhando Amig disse...

Daniel!!
Feliz 2014 e desejo muito falarmos mais, trabalharmos juntos.
Adoro o trabalho que desenvolve em torno de Severa Cabral.
Obrigada por sua presença no Espelhando.
Bjins
Catiaho Alc.
obs.: volto ao skaype terça feira proxima, bem como retorno ao trabalho.
Falaremos , cm certeza.
me arruma um email de Severa?Manda pro meu email, por favor.
Catiaho Alc.
entre sonhos e delírios

edumanes disse...

Boa tarde caro amigo Daniel Costa,
Essa Senhora do Mar
Severa Cabral, bem disposta
De Amiga Maruja, lhe chamar,

Me chamou de Idiozinho!
De Indiazinha lhe chamei
Porque merece o nosso carinho
Naquela água espumosa a mirei!

Com a água pelos tornozelos!
Severa Cabral, para o vento os levar
Segura a saia e os cabelos
Batem na areia e desmaiam
De espuma branqueiam
As ondas vindas do mar!

Seu poema de louvar.
Obrigado pela visita
Um beijo vou mandar
Para Severa nossa amiga!

Um abraço amigo
Eduardo.

Nal Pontes disse...

Oi, Que linda poesia. Severa está de parabéns, bela poesia Daniel. Um abraço

Felisberto Junior disse...

Olá!Boa noite, Daniel!
Belo poema...saudades da moça bela Severa!
amor profundo tanto quanto o mar e seus mistérios, tão bem retratados por vc...
agradeço pelo carinho, obrigado, belos dias, abraços!