A MINHA POESIA - A MINHA VIDA

terça-feira, 16 de março de 2010

Poema

Mar da cidade de Peniche, meu Oeste natal

Praia de Peniche, a Copacana de Portugal


CINCO IRMÃS

Amar mulheres não é ilusão
Convivi com cinco irmãs
Um gosto de sorte e sensação
Apenas mulheres
Na minha descendência foi condão
Se já sou eterno optimista
Vivo satisfeito com esta bênção
A mulher pode sempre contar
Com o meu respeito
Sem sombra de ilusão
A mulher para mim será ternura
Sempre abertura do coração
Será sempre um ser
Como se fora um ser irmão
Ainda conto com um
Sem falar do que morreu, embora são
Uma inteligência
Que se suicidou num dia de Verão
As irmãs morando distantes
A todos se juntam em confraternização
Promovem-se almoços
Onde existe sempre a palavra união
Assim é como amar a mundo
A flor mulher é sempre motivo de satisfação
Amando todo o mundo
É simples amar diferente, só a mulher do coração
A mulher eleita, é deveras amada
A mulher de outra emoção
Cinco irmãs, um gosto
A que se juntam, como fado e condão
As da descendência
O gosto é vivido, não é ilusão
 
Daniel Costa

19 comentários:

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Sublime! Amar a todas nós, mulheres, quaisque que sejam. Só você, com toda a sua sapiência, advinda da sua vivência! E a todos, também!
Parabéns, Daniel*

*******

Muitas pessoas têm um amante e
outras gostariam de ter um.
Há também as que não têm, e as
que tinham e perderam.

Insônia, apatia, pessimismo, crises
de choro, ou as mais diversas dores.

Geralmente são essas últimas as que
vêm ao meu consultório para me contar
que estão tristes ou que apresentam
sintomas típicos de:

Enfim, são várias as maneiras que elas
encontram para dizer que estão simplesmente
perdendo a esperança.

Elas me contam que suas vidas transcorrem
de forma monótona e sem perspectivas, que
trabalham apenas para sobreviver e que não
sabem como ocupar seu tempo livre.

Elas já esperam o diágnostico de depressão e a
inevitável receita do anti-depressivo do momento...

Mas, ápos escutá-las atentamente, eu lhes digo que
na verdade precisam é de um AMANTE!

Como é possível que um profissional se atreva a
sugerir uma coisa dessas?
- pensam chocadas, escandalizadas.

Mas eu explico que AMANTE é "aquilo que nos
apaixona".

É o que toma conta do nosso pensamento antes de
pegarmos no sono e e também aquilo que, às vezes,
nos impede de dormir.

O nosso AMANTE é aquilo que nos mantém distraídos
em relação ao que acontece à nossa volta.

É o que nos mostra o sentido e a motivação da vida.

Às vezes encontramos o mesmo amante em outro parceiro,
outras, em alguém que não é o nosso parceiro, mas que nos
desperta as maiores paixões e sensações incríveis.

Também podemos encontra-lo na pesquisa científica ou na
literatura, na música, na política, no esporte, no trabalho, na
necessidade de transcender espiritualmente, na boa mesa, no
estudo ou no prazer do passatempo predileto...

Enfim, é "alguém" ou "algo" que nos faz "namorar" a vida e
nos afasta do triste destino de "ir levando".

E o que é "ir levando"?

Ir levando é ter medo de viver.

É o vigiar a forma como os outros vivem, é o se deixar dominar
pela pressão, perambular por consultórios médicos, tomar remédios
multicoloridos, afastar-se do que é gratificante,

Observar decepcionado cada ruga nova que o espelho mostra,
é se aborrecer com o calor ou com o frio, com a unidade, com
o sol ou com a chuva.

Ir levando é adiar a possibilidade de desfrutar o hoje, fingindo
se contentar com a incerteza e frágil ilusão de que talvez
possamos realizar algo amanhã.

Por favor, não se contente com "ir levando"; procure um amante,
seja também um amante e um protagonista...

DA SUA VIDA...

"PARA SE ESTAR SATISFEITO, ATIVO E SENTIR-SE JOVEM
E FELIZ É PRECISO NAMORAR A VIDA"*
****
Beijos no seu coração de ouro, nosso Amante*

Estou saindo, porque não me sinto bem*

SAM disse...

Bem explicado, neste belíssimo poema a sua sensibilidade. O seu olhar tão belo e puro para o feminino. Lindo, querido poeta. Parabéns por esta dádiva de harmonia e felicidade familiar.


Carinhoso beijo

Pensador disse...

Vejo então que ser um poeta cercado de belas musas é seu destino, desde o nascimento, Daniel.
Que elas continuem sempre presentes.
Abraços!

Pérola disse...

Perfeito grande poeta.
Por ser mulher, fico lisongeada rs.
Parabéns por tão bom gosto.
beijokas.

Jacque disse...

Muito Lindo Daniel. O vídeo que vc não consegui ver, agora abre.

Beijo

xistosa - (josé torres) disse...

Caríssimo

É quase uma epopeia de jeitos e trejeitos que desaguam neste poema.
Mais uma bela homenagem

Já agora, deixo aqui uma piada para a sua amiga, RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO.
O amante é o que sobra do marido depois deste sair ...

angela disse...

É facil notar a estima que tens por nós.
Lindo poema para suas irmãs.
beijos

lita duarte disse...

"É simples amar diferente"

Grande Daniel, você sabe das coisas.

Beijos.

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

*Não te assustes. Sei que és um rapaz corajoso. Sou o sétimo filho
varão, e por isso sofri o condão de me transformar em lobisomem. A tua coragem livrou-me desse horrível fado. Antes aleijado, mas limpo de alma e coração. Este punhal era do meu avô.
Tem o cabo de ouro e cravejado de pedras preciosas. Por mais valioso que seja não paga o favor que me fizeste. É teu. Tu o mereces mais do que ninguém*

Bom Dia, Daniel!
Beijos

Everson Russo disse...

Amar mulheres é tão facil, tão poetico, mulheres e irmãs,,,mais simples ainda,,,mulheres são a essencia de nossas vidas....abraços fraternos amigo e tenha um belissimo dia.

Felina Mulher disse...

O comentarista Pensador disse tudo: É tua sina viveres rodeado de musas desde a infancia.Aplausos ininterruptos e meu fraternal abraço.
querido Daniel.

Um beijo na tua alma.

Maria Bonfá disse...

que lindo Daniel..vc fala da mulher com tanto carinho e respeito. admiro isso . muito lindo mesmo.. eijão

angela disse...

Tem um selinho para você no carinhos-entremeios.
beijos

Mariazita disse...

Olá, Daniel
É comovente ver o carinho que sentes pela Mulher.
Os teus poemas são uma constante homenagem a ela.
Como mulher sinto-me lisongeada cada vez que te leio.

Gabriel Garcia Marques, escritor que está na lista dos meus preferidos, escreveu que - nasceu e cresceu entre mulheres - mãe, tias, primas...sempre viveu rodeado de mulheres, e por isso as ama tanto.
Fizeste-me lembrar o Gabi, que tanto admiro.

Abraço-te e beijo-te com amizade
Mariazita

Sonia Schmorantz disse...

Lindo este lugar! Lindas palavras também!
Um abraço

Felina Mulher disse...

Fiquei triste!Li o seu comentário, e na hora de aceitar ele simplesmente sumiu...snif!...mas li e por isso vim te agradecer o elogio.

Um beijo anjo querido.

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Bom Dia, Daniel!

*Se eu pudesse voltar no tempo,
Voltaria àquele
Em que eu subia nos teus galhos
E ficava lá no alto te abraçando,
Tirando as cascas do teu tronco.

Voltaria no tempo em que
Entregava-me ao cheiro e ao sabor das tuas frutas,
E ficava encantada pela delicadeza das tuas flores.
Tempo em que meus sonhos voavam livres
Como os passarinhos que te visitavam.*
(Não me lembro de quem é, mas deve de ser)

Beijos
Tenha um Maravilhoso Dia!
Bom acordar com a visita do querido amigo!

Felina Mulher disse...

recuperei o comentário\0/...pode parecer bobagem, mas um comentário teu é muito preciso para mim.


Beijos....lindo dia!