A MINHA POESIA - A MINHA VIDA

segunda-feira, 29 de março de 2010

 
OFERTA DA RENATA, A QUEM FICO GRATO




MARIA DE BONFÁ

Não será o melhor que há
De sensualidade certamente
Porém a escrever a usa Maria de Bonfá
Mulher interessante e esguia
Sensual artista e poetisa
Bonfá bem podia ser só Maria
Mora em SP, Tatuapé
Região mãe da viticultura
Aposto que não de faz água-pé
Um mar de sonhos é a sua poesia
Viver de e para a arte
Como se respirasse melodia
Tem como testemunho
O uso da sua bela e suave poesia
Cultiva amizades
Sendo Tatuapé sítio de gerontes
Certamente serão de todas as idades
De olhar franco fiel
Olhar altivo como convém
Denunca doçura de mel
Mulher doce, enquanto altiva
É Maria de Bonfá
Tem os seus recantos onde cativa
Quem a visita adora
Se enriquece, se desvanece
Talvez a mulher seja mesmo sedutora
Usando a alfivez
Ainda que para quem estima e adora
Quem uma vez se acerca porventura
Estima-a e venera aqui e agora
Usa a persicácia
Mulher de poder sedutora

Daniel Costa


OFERTA DA BANDYS, A QUEM FICO GRATO

23 comentários:

Maria Bonfá disse...

Daniel meu querido. estou enxugando as lágrimas aqui. me emocionou muito o modo como me ves.nunca imaginei um dia ser homenageada dessa forma.. isso para mim tem o valor de um oscar..obrigada querido, de todo meu coração.. vc é um amigo que sempre vai estar em meu coração.. adoro vc..beijo...beijo...beijo..

Felina Mulher disse...

Meu querido, vc tem um poder maravilhoso de ver as pessoas atraves da Alma.Bela homenagem fizeste a esta grande mulher, que apesar de pouco tempo te-la conhecido, já nutro imensa admiração.Um mulher fantástica realmente....e muito sedutora certamente.

Parabéns ao Poeta e à musa homenageada.


Saudações Felinas.

Maria Bonfá disse...

vc é mesmo um doce.. te admiro ainda mais. beijos na alma..

SAM disse...

Estimado e admirável amigo,

mais um dos seus belos poemas que homenageiam com sensibilidade as amigas. Com ternura, talento e respeito desenha os traços da musa dedicada as artes: Maria Bonfá. O poeta delineia seus traços de ternura, sensualidade e altivez (como postura humana e elegante), seu talento e a sua franqueza, qualidade esta que nasce da verdade, da sinceridade do coração, dos pensamentos, da fala, do espírito e nas ações coerentes no conjunto. Sem contudo, perder a suavidade, o respeito e a delicadeza no trato pessoal. Parabéns ao poeta amigo e a Maria Bonfá. Felicidades, sempre!

Carinhoso beijo Maria Bonfá e amigo Daniel! Uma excelente semana.

* Daniel, ficou lindo o retrato de Renata!

Elaine Barnes disse...

Amigo, em primeiro lugar agradecer a todos que deixaram um comentário na sua homenagem pra mim. Fiquei encantada! Muito grata a você,principalmente por homenagear a Maria Bonfá. Uma doce amiga que tive o prazer de conhecer e que já esteve na minha casa duas vezes.Você foi muito feliz na escolha. Uma mulher sensível e transparente. Um ar de menina sonhadora que faz dela uma mulher extremamente encantadora e amiga.Parabéns pela escolha perfeita e quero deixar aqui um elogio a beleza da Renata,ela é tão linda que parece a Brighit Bardô enm sua juventude. Montão de bjs e abraços de gratidão

Elaine Barnes disse...

Ah, quanto ao seu elogio,obrigada mais uma vez. Como não sou escritora,nem poetisa e também não sigo um estilo...Agradeço de coração,mesmo sem entender direito as diferenças de toada,versos,poemas e poesias rs...Vou escrevendo como vem a mente e fico feliz que toque o coração de alguém tão culto como você. Montão de bjs e abraços amigo

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Para Maria, eu só posso dizer!

Eu sei que vou te amar
Por toda a minha vida eu vou te amar
Em cada despedida eu vou te amar
Desesperadamente, eu sei que vou te amar
E cada verso meu será
Prá te dizer que eu sei que vou te amar
Por toda minha vida
Eu sei que vou chorar
A cada ausência tua eu vou chorar
Mas cada volta tua há de apagar
O que esta ausência tua me causou
Eu sei que vou sofrer a eterna desventura de viver
A espera de viver ao lado teu
Por toda a minha vida

Eu Sei Que Vou te Amar
Composição: Tom Jobim / Vinícius de Moraes*

Beijos, Maria! Pensa que não penso em ti? Te amo, mulher!
Beijos, Daniel, Teamo, homem!
Parabéns pelo lindo poema!

Ricardo Jared disse...

A Maria Bonfá merece bela homenagem, é uma poetisa de primeira linha.
Parabéns.

Pérola disse...

Pela madrugada rs.
Eu amo essa mulher!!!
A gente se entende.
Fiquei felizzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz.
Ameiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii.
Parabénsssssssssssssssssssssssssss.ela merece.
Amigaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa,vc está com tudo rs.
Beijokas e uma linda noite.

Everson Russo disse...

Grande poetisa Maria Bonfá,,,,adoro seu jeito de escrever e como consegue expressar em versos seus sentimentos,,,belissima homenagem meu amigo,,,forte abraço e uma bela terça feira pra ti.

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Olá, querido Daniel!
Venho desejar-lhe Boa Noite, amigo, direto do Blog da Lú, e confesso que meio atarantada e despreparada, então vou deixar o mesmo comentário que deixei a ela!
Beijos*******************
Ah, recebeu o novo selo?
*************
Pois é, *a vida não é de brincar, porque um belo dia se morre* Como é clara a Clarice e eu gosto muito da sua vida e obra. Mas confesso que *A Paixão segundo G* H*, me fez pôr tudo pra fora, porque não dá pra engolir tudo. Mandou bem! A Lú é clara como as suas escolhas e falas. Há momentos mesmo! Disse-me que está mais ou menos e a Amanda está com problema de liberação de medicamentos. Respondendo à sua pergunta quanto a mim: estou moidinha, sem poder quase andar, pois estou na sobrevida, só pra lembrar. E sigo em frente. Mais detalhes no nosso modesto eu e daí? Não que eu queira menosprezar a sua dor, nem medir a minha com a sua. Jamais quis estar pior do que ninguém. Faço votos de que a Lú, minha amiga, melhore, e de que tudo de certo no SUS para a liberação do medicamento da Amanda.
Beijos e tenha uma Excelente Semana! Pelo Amor de Deus!
*********

TRISTEZA
Música de Chopin

A sombra foge, adeus sonho lindo
Em que os beijos se ofereciam como flores
A noite foi breve
Ai! Por que fechar tão cedo os nossos corações
Quando a felicidade chama
A sombra foge, meus lábios hesitam
Em murmurar palavras de adeus
O sol surge muito rápido
Portanto, temos de nos deixar
A mim, pouco me importa o medo do tempo
Gostaria tanto de retardar a aurora
E continuar amando
A sombra foge, tudo não passa de sonho
E tu já não estás aqui, apesar de todos os nossos desejos,
Só resta uma lembrança
Se o amor não passa de uma mentira
Com perfume triste que corrói
Se é verdade que os teus lábios me mentem
Fica sabendo, porém, que mesmo assim
Meu querido amor, continuo a te amar
Perdidamente
Perdidamente

Trad. da Renata M. P. Cordeiro*
+ Beijos
Muito obrigada por tudo sempre!

Espero que reflita/sinta e não tenha um rompante e tome decisões desmedidas. Ainda que só publique este comment depois de todos os outros. Desculpe-me, amiga, mas vc fala o que quer, e eu geralmente, não. Mas hoje, dói tanto que não agüento.

******
Mais beijos e muito obrigada por tudo e sobretudo por estas!

Mariazita disse...

Olá, Daniel
Mais uma linda homenagem do género a que já nos habituaste - às tuas musas!
Não tenho a sorte de conhecer Maria Bonfá, mas não tenho a mínima dúvida de que é digna do retrato que dela fazes.
Parabéns aos dois.

Beijinhos

lita duarte disse...

Daniel,

Maria é um nome lindo.

Belo poema.

Boa Páscoa.

Beijos.

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Olá, querido!
Obrigada por ter aceitado e publicado o selo, além de já me haver ido visitado!
Tenha um Maravilhoso Dia!

Carmela disse...

lindo!!

Bjao

FERNANDA-ASTROFLAX disse...

MEU QUERIDO DANIEL, FICO COM O MEU CORAÇÃO COM MUITO ORGULHO DE TER A TUA AMIZADE E O TEU CARINHO... AGORA FOI A LINDA RENATA QUE MERECEU A TUA ATENÇÃO... ELA É MUITO QUERIDA MARACE TODO O NOSSO AMOR E AMIZADE... PARABÉNS RENATA... ADORO-TE A TI AMIGA E AO MEU AMOR DANIEL... ABRAÇOS DE MUITO CARINHO,
FERNANDINHA

Maria Bonfá disse...

passando para te deixar um beijo e desejar que sua tarde seja maravilhosa.. fique com Deus querido..beijão.adoro vir aqui me ver.rsrsrs

Felina Mulher disse...

Anjo querido, hj o dia amanheceu ensolarado...mas agora a tarde chove, mas é aquela chuvinha tradicional das 15 hrs.
Passei pra te desejar uma bela tarde.


Beijos......Felina.

Lúcia Leme disse...

Uma bonita homenagem.

Abraços.

lua prateada disse...

FELIZ PÁSCOA!...
Olá. Daniel..............passei para te convidar para minha festa!passa lá e te diverte...Obrigada pela presença...Beijo de prata

SOL

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Bom Dia, Daniel!
Pérolas de Shakespeare sobre o Amor pra você*********************

* Tudo me gira em torno. A expectativa me faz sentir vertigens. O deleite imaginário é de tal modo doce que me encanta os sentidos. Tróilo e Cressida III, 2.

* Tão tedioso está este dia, como a noite que antecede uma grande festa para a criança impaciente que tem vestidos novos e não pode usá-lo. Romeu e Julieta, III, 2.

* Porque todos os amantes se comportam como eu: inconstantes e volúveis em todos os sentimentos, menos na imagem fixa da criatura que amam. Noite de Reis, II, 4.

* A Eternidade morava em nossos lábios, e nos olhos, brotavam bênçãos mil em nosso cenho. Antônio e Cleópatra, I, 3.

* Não é o amor, em ousadia, um Hércules, trepando nas árvores das Hespérides? Sutil como uma esfinge? Doce e músico como a lira de Apolo, com seus próprios cabelos temperada? Trabalhos de Amor Perdidos, IV, 3

* Vede como se aproxima, tal e qual a primavera. Tem por súditos as graças; seu alto pensamento domina soberano as virtude que dão glória aos homens. Seu rosto é um livro só de encantos, em que há páginas mil de agradável e deliciosa leitura; dele o fastio foi apagado para sempre, como se a cólera sombria nunca devesse ser companheira da brandura. Péricles, I, 1.

* Duvida da luz dos astros, de que o sol tenha calor, duvida até da verdade, mas confia no meu amor. Hamlet, II, 2.

* Senhorita, sou vosso, como sois minha; em troca de vós, dou-me a mim mesmo, exultando com a barganha. Muito Barulho Por Nada, II, 1.

* Em tempo algum teve um tranqüilo curso o verdadeiro amor. Sonho de Uma Noite de Verão, I, 1.

* Estão em verdadeira fúria amorosa e desejam unir-se; não há bastonadas que possam separá-los. Como Gostais, V, 2.

Beijos********************
Até já!

Everson Russo disse...

Passando pra deixar ao amigo poeta um forte e fraterno abraço de paz.

angela disse...

Uma homenagem linda e o olhar dela é realmente espeial e voê captou-o muito bem.
beijos