A MINHA POESIA - A MINHA VIDA

quinta-feira, 18 de março de 2010

Poema




DEZOITO DE MARÇO

 
Desejo assinalar o dia e faço
Na liturgia o de S. Gabriel
O dia dezoito de Março
Uma permanente bátega chovia
Em mil novecentos e sessenta e nove
Faz quarenta e um anos neste dia
Em dois mil e dez que segue a outro nove
Um dia de céu medonho
O nascimento da filha
Além de outros, foi sonho
A vida, a felicidade
Em dia de bom augúrio, porém céu medonho
Nesse dezoito de Março
Dia de S. Gabriel o céu assemelhava-se ao inferno
Parecia o mundo feito num pedaço
Jamais esqueci
Tudo, mais o que nem tive tempo de saborear
Continua o sonho que a meio vivi
O sonho continua divino
Cantarei parabéns
Como se fora eu menino
Sempre a dezoito de Março
Assinalo o feliz acontecimento
Eis o que faço
Recordar com galhardia
O dia dezoito de Março
Do céu choveu todo o santo dia
E o sol brilhou no coração, naquele espaço

Daniel Costa

SELO OFERERECIDO PELA ÂNGELA DO BLOG ENTREMEIOS, A QUEM AGRADEÇO A DEFERÊNCIA.
PASSO A REFERIR OS DOZE BLOGUES ESCOLHIDOS, NÃO TODOS OS QUE DEVIA,TENHO DE CINGIR-ME ÀS LIMITAÇÕES DAS REGRAS.

Mariazita
Lita Duarte
Vanuza
Ana Martins
Jacque
Renata
Fernada & poemas
Susy
Sam
Bandys
Maria de Bonfá
Ângela Guedes
Daniel Costa

34 comentários:

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Beautiful!!! I beg your pardon, but i´m crying!!! It´s so, soooooooooo beautiful!!!
Kiss, kiss, my beloved friend Daniel!
Of course, I accept the seal*

*****

*Quando chegares ausente de tantos dias, carregado de saudades e momentos que não foram vividos, te receberei num abraço... Falarei de meus desassossegos, do medo que não viesses e que fiz uma prece, para este dia chegar... Não vou negar, ficou no espaço a tua presença...Ainda sinto tuas mãos em mim e ficou teu cheiro impregnado... Dir-te-ei que enfeitei a casa, cuidei do jardim, cuidei tudo tim-tim por tim-tim, fiz tudo enfim para te esperar... E meus olhos criaram asas para ver-te, projetando tua imagem vindo para mim... Buscar-te-ei ainda na moldura da porta, meu olhar dirá de minha saudade, meu coração poderá falar de meu amor... E ao sabor desse encontro que arquitetamos cheios de planos, anos após anos, tudo e todos os sonhos enfim viveremos e seremos o que sempre desejamos*

Thanks for evrything so far********************************
+++++ Kisses888888888888888888888888

Alejandra disse...

hola Daiel hace mucho que no se de ti pero travez de tus poemas veo la vida gracias

...sim ao amor... disse...

Andei sumidinha, mas volto porque deixei aqui amigos como vc.
Suas flores, seu poema me chamaram.
Minha ternura, Daniel.

poetaeusou . . . disse...

*
tocado fiquei, amigo,
felicidades,
a todos os teus,
,
um amigável abraço.
,
*

Everson Russo disse...

Belissima definição da data, do acontecimento, do nascimento, são sempre marcantes em nossas vidas,,,meu amigo, jamais peça perdão por falar de ti...adorei, tenha sempre o meu espaço, a gente troca mesmo solidão pela vida...abraços fraternos e um belo dia pra ti.

VANUZA PANTALEÃO disse...

Dia de São Gabriel?
Que os Anjos nos tragam muita Paz e Saúde.
Vou levando o selinho e agradecendo-lhe essa enorme consideração.
Obrigada, meu amigo!!!Bjsss

angela disse...

Parabéns Daniel pelo aniversário da filha, é sempre um sonho essas meninas. Meninas pra sempre no nosso coração.
beijos

FERNANDA-ASTROFLAX disse...

QUERIDO AMIGO DANIEL, MARAVILHOSO POEMA DESTA DATA FELIZ PARA TODA A TUA FAMÍLA E AMIGOS... PARABÉNS...!

OBRIGADA PELO SELINHO TÃO LINDO...
ABRAÇO-TE COM TODO O MEU CARINHO E AMIZADE,

FERNANDINHA

SAM disse...

Querido amigo Daniel,

obrigada pelo selinho e pelo conceito atribuído. Mas o mérito é todo seu e das suas postagens maravilhosas! Portanto, comentar seu blog é sempre um grande prazer!

* Já inclui o nome do amigo na postagem do Sam, junto a Sandra. Obrigada, Daniel!

Beijos, querido amigo.

Felina Mulher disse...

Que abençoado dia! Parabéns pra tua "menina" e um beijo carinho pra você.

SAM disse...

Quanto ao poema, querido amigo...É lindo! Emociona! Parabéns por esta felicidade num dia marcante como o de S. Gabriel: a felicidade do nascimento da filha. Saúde e toda a felicidade do mundo para você, a querida filha e toda a família. Deus os abençõe e proteja sempre.

Carinhoso beijo em todos.

FOTOS-SUSY disse...

OLA DANIEL, BELISSIMO POEMA...PARABENS PARA SI E TODA A FAMILIA...OBRIGADA PELO SELO...QUE TENHA UMA BOA NOITE AMIGO!!!
BEIJOS DE AMIZADE,


SUSY

Fernanda disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Maria Bonfá disse...

vim buscar meu selo..obrigada pela delicadeza e por lembrar-se de mim.. amei... beijão

Bandys disse...

Daniel,
Obrigada pelo selo. Vou publica-lo

A vida é assim. As 7 anos eu ja tomava conta de tres(3) irmas e um irmão. Foi um miladre estar aqui e contar tudo que esta no esconderijo.

Mas o amor nos permite e Deus é sabio.

Beijos

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

*Abro os olhos e adormeço

Sem a mente fraquejar

Saio pela manhã

De passagem, coisa vã

Derrapagem

Que a viagem tem princípio, meio e fim
Enquanto vergo, não parto

Enquanto choro, não seco

Enquanto vivo, não corro

À procura do que é certo

Não me venham buzinar

Vou tão bem na minha mão

Então vou para lá

Ver o que dá

Pé atrás na engrenagem

Altruísta até mais não

Enquanto vergo, não parto

Enquanto choro, não seco

Enquanto vivo, não corro

À procura do que é certo

Presa por um fio

Na vertigem do vazio

Que escorrega entre os dedos

Preso em duas mãos

Que o futuro é mais

O presente coerente na razão

Frases feitas são reféns da pulsação*
(Bem) na minha mão
Suzana Félix*
***

Kiss, my dear***************
Bye***************

Ana Martins disse...

Caro Daniel,
muito obrigada por mais este selinho que guardarei na minha galeria como recordação.

Bonito o poema, parabéns à aniversariante!

Beijinhos,
Ana Martins

lita duarte disse...

Oi, Daniel.

Lindo poema.

Obrigada pelo selo.

Beijos.

xistosa - (josé torres) disse...

"Um dia de céu medonho."

Mas a terra sorria, ou melhor, sorriu ...

Jacque disse...

Obrigada querido Daniel, por lembrar de mim. Mil Parabéns à sua filha.

Beijo

Elaine Barnes disse...

Lindo poema sobre São Gabriel e o aniversário da sua filha. Com céu medonho ou não o presente da vida chega para deixar azul nosso brilho no olhar. Parabéns! Montão de bjs e abraços

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

*Na verde encosta coberta de asas
já repica um azul de violetas.
Somente ao longo da floresta escura
demora a neve em línguas dentilhadas,
mas gota a gota se vai desfazendo
atraída pela sede da terra.
No pálido céu alto pastam alvos
rebanhos de nuvens. Um pintassilgo
em amoroso canto se desfaz:
- Homens, amem-se e cantem em paz!

Herman Hesse*

Trad. pela Renata*

Sabia que eu adoro vc, Daniel?
Obrigada pelos comments, querido! Já mudei de post*
Beijos***********

Everson Russo disse...

Um belissimo final de semana pra ti amigo,,,forte e fraterno abraço, e obrigado pelas palavras....

Fernanda disse...

Querido amigo Daniel,

Desculpe o meu comentário anterior, em vez de colocar o meu link, colei um texto relativo a limpar Portugal.
Ando com a cabeça demasiado cheia.

Repito a parte que devia ter ficado.

Fiquei com a sensação que nunca tinha lido nenhum poema mais belo...

Este é um AMOR de PAI, que me encheu os olhos de água e o coração de alegria.

Sou amiga de alguém tão belo e tão sensível.
Obrigada!

Beijinhos,


PS. Por favor faça delete ao anterior.
Obrigada.

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Boa noite, Daniel
Um poeminha pra você* Soneto*

Paro no tempo, movo-me no espaço,
Ando e viro na curva de uma estrada
Sem começo, sem fim e sem pousada,
E ouço, na sombra, a fuga dos meus passos.

No chão vermelho, caem do azul lasso
Só lágrimas de tempo concentradas
Que são por filtro mágico passadas,
Gotejando nos múltiplos cansaços.


Amortalha-me o espesso véu da noite,
Estou só e não tenho quem me acoite,
E ninguém pode ouvir o meu lamento.

Corro, respiro, busco uma saída,
Mas me apunhala toda a dor da vida,
E mergulho no sumo esquecimento.

By Renata Maria Parreira Cordeiro

Beijos**********************
Renata

E se vc mudar de postagem, eu lhe ofereço outro. Tenho vários***********

Pérola disse...

A data de nascimento edita um inicio de uma história.
Adorei a sua postagem.
Muito obrigado pela sua visita e parabéns pelo blog.
Um beijo grannnnnnnnnnnnnde.

Mariazita disse...

Olá, Daniel
Começarei por dar os parabéns (atrasados 1 dia...) à tua filhota, e desejar-lhe as maiores felicidades.

Continuo desejando que tenhas tido um feliz Dia do Pai.

Por último...muito obrigada pelo selinho. Vai ficar a aguardar oportunidade de seguimento. Já tenho vários nessas condições. Logo que possível farei um post exclusivamente para dar seguimento a todos eles.

Quanto à publicação do selinho aqui pelo motivo que explicaste... acho isso bastante estranho... mas acredito que tenhas razão.
Com este mesmo blog - não sei se contigo acontece o mesmo - sempre que o abro começa por aparecer uma qualquer informação do blogger, em cima, e rolando aparece então o blog.
Também reparei que ainda não publicaste na sidebar (barra lateral). Se as minhas explicações não foram boas... lembrei-me de outro processo. Diz qualquer coisa, tá?

Um bom fim de semana e beijinhos
Mariazita

Carmem disse...

Lindão!!

Bjus

Angela Guedes disse...

Oi Daniel!!!
Que dia feliz! Parabéns pra tua filha. Saúde e muita paz para ela e todos da família
Vim pegar o selinho, obrigada pela lembrança, amigo.
Beijinhos
Ângela Guedes

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Bom Dia, Daniel!

Eu também estou rindooo que nem besta, sabe por quê? Porque amanhã eu completo 47 primaveras. Pergunte-me como? Será milagre? Não! É o Amor que eu tenho e que me sustenta. E eu o dou desde pequena. Às vezes, recebo em troca, às vezes, não. Tudo bem, faz parte. Mas o Amor é sempre o Vencedor!
Viva a Vida! A Guerreira vence mais 1!
Beijos pra você***********************

DE POEMAS

Poemas são lágrimas ou risos
me fazem viajar sem destino
me fazem soltar a imaginação
me fazem voltar a ser menina


Inspiram-me facilmente
eu sinto o encanto ou nostalgia
de almas belas por dentro
que traduzem palavras em alegrias


Inspirar-se aqui é muito fácil
com poetas e poetisas como vocês
assim fica mais fácil de certeza
vemos amor, vemos sensatez


Fazer poesia é fácil demais
difícil é usar o sentimento
exprimindo coisas de dentro
tendo a alma como instrumento.

Suely Damn*

Tenha um dia cheio de Paz e Amor*********
Muitas flores, tais como amor-perfeito, selvagem, aquele que dá no Mar, onde nasceu a mãe do Amor. Só que é raríssimo*
+ Beijos, teamo********************

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

ah, errei, é no 22
Renata

Everson Russo disse...

Um belissimo sabado pra ti amigo,,,forte e fraterno abraço....

p.s.meu amigo, peço te que me mande um email no evr.russo@uol.com.br por gentileza, perdi um hd e todos os meus contatos...obrigado.

Felina Mulher disse...

Um excelente Final de Semana pra vc Daniel.


Beijos da Felina.

nely disse...

Um belo poema.

Abraços.