quarta-feira, 2 de junho de 2010

POEMA MILAGRE DA VIDA


MILAGRE DA VIDA

Na vida há uma estrela que nos guia
Demos-lhe o tom brilhante
Façamos dela o milagre de cada dia
Conservemos na mente esse tom cintilante
Façamos dela uma tela de cor bela
Aos nossos olhos sempre brilhante
Possuir A força do querer
O brilho e a rijeza de lasca de diamante
Que o nosso amanhecer seja uma alvorada
Que o sol no horizonte
Desenvolva novo milagre
Como o que vislumbrámos ontem
A vida será mais fácil por certo
Porque havemos de a complicar?
Complicar como um deserto?
Lutemos com o brilho da esperança
Espreitemos o oásis, o milagre por perto
Os deuses estão em nós, no nosso querer
É esse o dogma, o milagre
Que existe em cada ser
A luta, a fé, a esperança, a confiança
O milagre da vida, do viver alegres
Esperemos o novo dia
A nova beleza da aurora a alvorecer
Do novo dia de amanhã
Um novo milagre de viver

Daniel Costa


17 comentários:

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Lindo *Milagre da Vida*, cheio de esperança!É disso que precisamos.
E sabe o que descobri há tempos, querido Daniel?

Descobri que te amo demais

Descobri em você minha paz

Descobri sem querer a vida

Verdade!...

Prá ganhar teu amor fiz mandinga

Fui a ginga de um bom capoeira

Dei rasteira na sua emoção

Com o seu coração fiz zueira...

Fui a beira do rio e você

Com uma ceia com pão

Vinho e flor

Uma luz prá guiar sua estrada

A entrega perfeita do amor

Verdade!...

Descobri que te amo demais

Descobri em você minha paz

Descobri sem querer a vida

Verdade!

Como negar essa linda emoção

Que tanto bem fez pro meu coração

E a minha paixão adormecida...

Meu amor, meu amor, incendeia

Nossa cama parece uma teia

Teu olhar uma luz que clareia

Meu caminho tal qual, lua cheia...

Eu nem posso pensar te perder

Ai de mim esse amor terminar

Sem você minha felicidade

Morreria de tanto penar

Verdade!...
Zeca Pagodinho

Parabéns!
Bom Dia!

Sonhadora disse...

Meu querido amigo
Que belo poema de esperança e fé na vida, gostei muito de ler.

Beijinhos
Sonhadora

Elaine Barnes disse...

A vida é um presente. Um milagre diário ne amigo?! As vezes estou tão perdida em um dia e no outro já vejo o leque de possibilidades que se abre. Muito bom viver! Montão de bjs e abraços

Sandra Botelho disse...

Um presente que muitos nem desembrulham...
Bjos achocolatados

Felina Mulher disse...

Sempre que ouço a palavra "Milagre" lembro-me de ti.Um belo poema!
" Por que prender a vida em conceitos e normas? O Belo e o Feio... O Bom e o Mau... Dor e Prazer... Tudo, afinal, são formas e não degraus do Ser!"

Beijos da FElina.

Pensador disse...

O que posso desejar-lhe, Daniel, é que a sua estrela brilhe mais e mais, e que você possa nos apresentar muitos outros belos poemas como este.
Abraços!

lita duarte disse...

Daniel, oi.

Um belo poema.:)

Beijos.

SAM disse...

Daniel tão bonito que fiquei emocionada. Seus versos dizem tudo e nada escapa do poeta. Eis a tônica da vida!


Carinhoso beijo, amigo

angela disse...

Ficou lindo seu poema.
Vamos espreitar oásis.
beijos

Everson Russo disse...

A vida meu amigo, é o milagre de cada segundo,,,cada sopro de folego que nos eleva e nos carrega a seguir em frente,,,um forte e fraterno abraço de bom dia....

Whispers disse...

Querido Daniel,

Descobri ja faz tempos que o milagre de vida existe.

E que a vida se vive em cada segundo como se fosse o ultimo.

Bonito teu poema,e acredito que o milagre de vida tambem te diz muito.

Mil beijos
Rachel

rosa-branca disse...

Lindo poema de esperança. Adorei. Beijo meu

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Olá, Anjo! Vou repetir o que sempre te disse: I love you demais! Lembra-te de que tens olhos astrais*


Se Deus, um dia, as nascentes de luz, enfim, cegasse,


todo o universo se deslumbraria com os olhos que alindam tua face.


Mas se – cheio de enfados pesarosos


por tal blasfêmia – os teus olhos formosos


Deus te arrancasse,


para que o mundo, assim, com a alvorada


dessas pupilas não se deslumbrasse,


mesmo querendo, Deus não poderia


estender toda a noite sobre o nada,


porque inda o mundo se deslumbraria


com a recordação dessa mirada!

Olhos Astrais*

José P. H. Hernández (1892-1922)

Trad. da Renata M. P. Cordeiro*

Beijosssss
Bom Dia Daniel!

Everson Russo disse...

Um fraterno abraço de otimo final de semana pra ti amigo,,,,

Ana Martins disse...

Caro Daniel,
o milagre da vida é como que uma oração a preencher e iluminar os nossos dias!

Muito intenso, parabéns!

Beijinhos,
Ana Martins

Fernanda disse...

Olá amiga Daniel!

Está cá tudo dito amigo.
Esperar primeiro pelo milagre da vida cada dia e depois o do amor, da felicidade e harmonia.

Como sempre amei!

Beijinhos

Na casa do Rau

Everson Russo disse...

Um excelente sabado pra ti amigo,,,forte e fraterno abraço de paz e amizade e um agradecimento todo especial por visitar o blog da Andreia e pelas palavras por lá deixadas,,,muito importante pra mim sua amizade.....