quarta-feira, 23 de março de 2016

POEMA QUANDO EU FUI CONSELHEIRO











QUANDO EU FUI CONSELHEIRO

Depois de ser cocheiro
Enveredei pela literatura
Quando eu fui conselheiro
Segundo a nomenclatura
Porém como companheiro
De límpida assinatura
Congruente penicheiro
Transparente colegiatura
Reto e ereto como amieiro
Privilégio de arquitetura
Conceção de biscateiro
Jornalismo de cobertura
Alegre, prazenteiro
Visando a conjuntura
Sagacidade de Cordeiro
Abrangente desenvoltura
Da notícia garimpeiro
Trabalhada como floricultura
Quando eu fui conselheiro.

Daniel Costa

 

10 comentários:

Ana Bailune disse...

Um poema fluido, com rimas marcadas. Ficou bonito, Conselheiro Daniel!

Ivone disse...

Lindo, como sempre nos mostra o quanto tens lembranças lindas, mesmo que quando se vive os momentos nem sempre nos pareça assim!
O tempo passa e deixa marcas, muitas boas marcas que nos tem mostrado em belos versos rimados!
Suas rimas são imbatíveis, nos enriquece também!
Amei ler!
Abraços amigo poeta!

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Sua vida, expressada em poesia, é linda!
Beijo*

MARILENE disse...

Daniel, as experiências vividas são grandes fontes de inspiração para você. E delas sempre extrai a essência, criando belos poemas. Abraço.

Maria Rodrigues disse...

Sempre espetacular meu amigo.
Desejo-lhe uma Páscoa muito feliz.
Beijinhos
Maria

Jaime Portela disse...

Gostei do poema, é magnífico.
Uma PÁSCOA MUITO FELIZ, caro amigo Conselheiro, digo Daniel...
Abraço.

José María Souza Costa disse...

Olá,Daniel

Te desejo uma Páscoa com Alegrias
Feliz tudo
Abraços

Edumanes disse...

Como voa o passarinho!
sem obstáculos, em liberdade
Santa Páscoa, com amor e carinho
em paz, abraçando a felicidade
seja feliz no seu cantinho!

Com alegria a vida seja risonha,
muito feliz, sempre, seja
na companhia de quem mais ama
caro amigo Poeta Daniel Costa, onde quer que esteja!

Feliz Páscoa, desejo para você, um abraço,
Eduardo.

Marilu disse...

Páscoa é renascimento, é passagem,
é mudança e transformação,
é ser de novo um mesmo ser.
Que recomeça pela própria libertação,
fica para trás uma vida cheia de problemas
e começa agora um novo caminhar,
cheio de luz, de fortalecimento de
esperanças renovadas.
Um arco-íris rasga o céu e parece
balbuciar que Jesus ressurgiu para nos
Provar que o amor incondicional existe.

Feliz Páscoa.

Marilú

Mariazita disse...

A minha passagem de hoje, rápida como o voo de uma andorinha, é só para trazer um abraço e desejar uma Páscoa muito feliz, serena, doce, e livre de mágoas.
Voltarei com mais tempo.
Beijinhos, meu querido amigo Daniel
MARIAZITA / A CASA DA MARIQUINHAS