quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

Poema





JACQUE

Questionaram-me um dia
Sobre várias interessantes mulheres
Por exemplo como a Jacque classificaria
Cismei, pensei a cabeça abanei
Responder queria então, o que diria?
Na cidade de Porto Alegre pairei
Que ela estava ali no sul sabia
Saber mais investigar tentei
Encontrei a Jacque artista
A mulher de muitas preferências
Não me parece, por vezes, optimista
Nem me parece muito sedutora
No entanto romântica por natureza
Distribui amizades como grande senhora
Mente desconcertante
Deixa antever paixão pelas artes
Um mundo que por certo é amante
Essa mulher interessada
Em actividade, uma mulher interessante
Pensa na poesia, num mundo de fadas
De magia, esse mundo que desejaria brilhante
Imagina-o revolucionário
Cultivará essa bela loucura
Ainda que não passe do imaginário
A própria revolução
Acaba por tragar o seu legionário(a)
No fundo apreciando a Jacque
Uma alma de mulher revolucionário(a)
Será acarinhada e apoiada
Porque é mulher extraordinária

 
Daniel Costa

26 comentários:

Elaine Barnes disse...

Olá! Merecida homenagem.Ela é maravilhosa, participei do aniversário dela, postei os presentes nos meus mimos,divulguei...Acho tudo que ela escreve maravilhoso. Ela não veio mais no meu blog,procurei visitá-la e não tive retorno, achei que ela estava com algum problema e hoje aqui fico muito feliz por saber que ela está bem. Montão de bjos e obrigada pelo carinho de sempre com todas as mulheres em especial com a Jacque. Parabéns! Montão de bjs e abraços

lita duarte disse...

Oi, Daniel.

Um viva para as mulheres!
Muitos vivas para você.

Beijos.

Felina Mulher disse...

Toda mulher tem seu perfume, sua belez, sua poesia...toda mulher é um segredo para se desvendar... É um enigma gravado em diamante para decifrar...


Beijinhos Daniel.

Pensador disse...

Muito bela homenagem, Daniel.
Meus parabéns, sempre, a você e a todas as suas musas.
Abraços!

Jacque disse...

Oi Daniel. Que Lindo. Eu sou tudo isso ? Fiquei até envergonhada.
Obrigada querido, adorei seu poema, Lindo.
Vc me fez pensar em como posso amar as fadas e a Ernesto Guevara ao mesmo tempo, postar poesias de amor e paixão e ser tão deprimida.
Vc tem razão, eu adoro arte, música e poesia principalmente.
Grande amigo, grande poeta do meu coração. Obrigada. Adorei.

Beijo

Jacque

FOTOS-SUSY disse...

OLA DANIEL, BELISSIMO POEMA...PARABENS... LINDA HOMENAGEM...VOTOS DE UMA BOA TARDE AMIGO!!!
BEIJOS DE AMIZADE,


SUSY

FERNANDA & POEMAS disse...

OLÁ QUERIDO DANIEL, MARAVILHOSA E MERECIDA HOMENAGEM Á NOSSA QUERIDA JACQUE... ADORO TUDO O QUE ELA PUBLICA... ABRAÇOS DE CARINHO E TERNURA,
FERNANDINHA

Bandys disse...

Daniel,
Maravilhosa homenagem.

As borboletas vivem um só dia, eu vivo dia a dia.

Beijos

angela disse...

Bonito poema, extrai com sensibilidade as nuances de nossa alma.
beijo

Olhos de mel disse...

Querido amigo; gosto dessa leitura que você faz. Interpretar a alma de uma mulher, não é fácil; pois só pessoas especiais e observadoras, são capazes de fazer. E você consegue traduzir bem.
Beijos

Graça disse...

Olá, Daniel!

ainda não nos conhecemos, por isso quero primeiro dizer 'é um prazer'.

Há pessoas que a gente parece que já conhece há anos, mesmo sem termos nos falado, ou nem sequer saber que nós existimos.

Tenho visto seus comentários em alguns blogs, e especialmente no blog da nossa querida Elaine.

Decidida a vir conhecê-lo de perto, encontro essa maravilha de poema em homenagem à Jacque!

Ela é uma pessoa linda, e é muito merecida essa homenagem (per)feita pra ela.

E parabéns a você, que escreve muito bem, e provou que conhece o interior de um ser humano de maneira muito singular!

Um grande abraço!

EDUARDO POISL disse...

Bela homenagem!!!

"... E de novo acredito que nada do que é
importante se perde verdadeiramente
Apenas nos iludimos, julgando ser donos das coisas,
dos instantes e dos outros.
Comigo caminham todos os mortos que amei,
todos os amigos que se afastaram,
todos os dias felizes que se apagaram.
Não perdi nada, apenas a ilusão de que tudo podia ser meu para sempre."

Miguel Sousa Tavares

Desejo uma linda semana.
Abraços com carinho.

Andresa disse...

Ola amigo,
Mas uma excelente homenagem...
beijos e um otimo dia
para ti e para a Jacque

Andresa

Everson Russo disse...

Jackie é uma doce menina que escreve com a alma,,,mais um coração de paz nesse nosso blog mundo,,,,parabens pela homenagem,,sempre cativante com suas palavras...abraços e um belo dia pra ti.

Felina Mulher disse...

Boa Tarde querido amigo!

Passando pra te desejar um lindo dia.
Fica com Deus!

Beijos_________Felina.

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Olá, querido!

Adoro as suas visitas*************

*O DIA DE HOJE
Ofereço aos amigos inesquecíveis, todos*******

O dia de hoje é o mais importante na vida

O dia de hoje deve merecer total prioridade.

Só hoje se pode ser feliz

O amanhã sabe-se lá se chegará,

e o ontem já foi muito tarde para ter sido feliz.

A maior parte das nossas dores é fruto

dos restos do ontem

ou dos medos do suposto amanhã.

Viva o dia de hoje!

Viva feliz!*

Muito obrigada pelo carinho*******
Beijos da Renata, na sobrevida, +++++ bem melhor de saúde.

Sorry, dear. Gripada, de cama, não pude vir antes. Muitos cuidados são necessários.


Daneil
*Um viva para as mulheres!
Muitos vivas para você.

Beijos*
Cópiei da Val Du!

Ana Martins disse...

Caro Daniel,
as suas homenagens em atraentes poemas a estas Mulheres são simplesmente magnifias.
Permita-me no entanto que lhe dê uma sugestão. Penso que seria bom colocar o link do blogue das suas homenageadas junto com o post, pois assim facilitaria a visita a elas por quem o desejasse.

Beijinhos,
Ana Martins

Sonia Schmorantz disse...

Ficou linda esta homenagem!
abraços a Jacque e ati

Laurita disse...

Olá Daniel, linda homenagem a uma extrordinária mulher. Beijos aos dois

jo ra tone disse...

Daniel,
Mais uma linda dedicatória a Jacque
Bom fim de semana
Bom carnaval,
boa diversão se for possível

Everson Russo disse...

Um forte abraço a ti amigo e um maravilhoso final de semana,,,por aqui carnaval que eu não gosto,,,por ai tem tambem?

Bandys disse...

Oi Daniel,
Carnaval aqui é o país.
Eu aproveito pra descançar.

Um fds de muita paz.

Beijos

Se7e/5 disse...

Muito lindinho, mas inconsequente. Sem aquela profundidade útil. Apenas mais do mesmo.
Aqui o se7e/5, vai mais longe, pretende espicassar vossos neurônios preguiçosos que dormem na palha batida. Abrir vossa fé de alto abaixo. Obrigar-vos a revelar o que de muito útil existe em vocês. Bem, mas vamos ao que interessa:

Aqui o se7e/5 vai oferecer-lhe um comentário útil e não essa merdice de favor que essa gentinha espalha por aí. Será que você merece? É uma dúvida fodida, mas, aqui o se7e/5 vai mudar seu pensamento, vai ativar seu cérebro. Se não sentir qualquer mudança, é porque seus últimos nurônios já eram. Porque não se movem.

“A cultura é uma merda cansativa. Ter de saber tudo ou, pelo menos, mais do que os outros, não deixar cair a “pena”, manter a noção do texto corrigido antes de o escrever. Estar permanente sóbrio num estado de embriaguês, quando apetece vomitar sobre os intelectuais de novela da hora nobre. E em nós também. Porque não suportar propostas políticas aliciantes? Intelectuais e corrupção. Ao serviço do poder, do partido, dos lados ou das cores; qualquer desculpa serve o propósito. E a cultura é apátrida! E conservar a imagem de personalidade do ano, como tias “estafermadas” sem corpo, sem neurônios, sem vergonha na plástica e a cultura que se foda! Estes intelectuais transpiram diferença e indiferença, inspiram o oxigênio do euros, dólares e reais e a expiração tem o curto prazo de um governo eleito. Sem tempo para respirar, porque a cultura é asfixiante , porque ler um livro não basta, nem milhões de livros garantem uma cultura de se lhe tirar o chapéu. Uma chapelada. Não há tempo para respirar cultura! Apenas se aguarda uma cajadada no lombo porque o pastor se aproxima para escolher uma ovelha ranhosa para o sacrifício. As ovelhas ranhosas são perigosas, tal como as ovelhas brancas em rebahos de ovelhas negras. As negras també se abatem mas, antes da prática carniceira, são descriminadas. Não há ovelhas negras em governos Brasileiros. Talvez haja. Jogados a um canto escuro a coberto da noite, onde permanecem até a aparição servir uma conveniência branca.Tal como qualquer outro rebanho. Tal como as tias e descrentes que se movem em espaços virtuais, pastando como ovelhas negras, frequentando círculos próprios onde se isolam em divagações de alta sociedade, cuspindo disparates que os fazem dormir mal e acordar pior.
A cultura do sec.XXI é uma mescla de economia global, política dominante e apropriação intelectual ao serviço da proliferação da miséria e sofrimento, como factores de revitalização permanente dos esgotamentos evolutivos periódicos. Correr sem sair do lugar. O conhecimento corrompido, a cultura de almanaque, jornal desportivo e leitura alcoviteira do jet-set, remete para o conhecimento desenraizado do progresso democrático sob a égide de um Estado de Direito, mas sem qualquer ética como regra.
O fantoche intelectual é uma realidade que descança na palma da mão e se equilibra no dedo acusador dos oportunistas sem escrúpulos, os poderosos, com objectivos de domínio global. A força dos dedos médios em riste, firmes. São estes fantoches que anestesiam e embalam as massas, mantendo-as desfocadas da realidade. Quando a dor se revela, esses intelectuais “blogosferam-se”; fogem para a lixeira inconsequente dos desabafos indignos”.
Isto é a BLOGOSFERA, na qual todos vós chafurdais, como porcos num chiqueiro. Se aqui o se7e/5 estiver errado, provem!

Jacque disse...

Daniel querido. Vai ver seu Poema em vídeo, no meu Blog
"Sentimentos", que vc segue.
Espero por você

Beijo

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Olá, Daniel!

* Há apenas quatro questões na vida. O que é sagrado? De que é feita a alma? O que vale a pena ser vivido e qual é o motivo pelo qual vale a pena morrer? A resposta é a mesma para todas: apenas o amor. (Don Juan de Marco)

Bom Feriado! É Carnaval! Pule!

Eu vou pular na cama!* Uma gripe chata havia grudado em mim. Fui à médica. Consegui espantar essa chatice! Firme e linda nos meus 40 quilos!
Viva a vida!
* Se tiver acompanhante melhor:)))

Beijos
Da Rê para vc, querido!

Everson Russo disse...

Um super final de semana pra ti amigo,,,forte e fraterno abraço.